O saque do Pis-Pasep referente ao ano-base 2015 tem o prazo final o dia 28 do mês de dezembro.

Atenção trabalhador brasileiro. Se você trabalhou no ano de 2015 com carteira profissional assinada e ainda não fez o saque do seu PIS/Pasep, fique atento porque o prazo termina no próximo mês de dezembro. Verifique se você possui direito ao benefício e não perca o benefício.

Na última terça-feira, dia 28 do mês de novembro, foi anunciado pelo Ministério do Trabalho o último prazo para sacar o benefício do PIS/Pasep do ano-base 2015.

De acordo com essa informação os trabalhadores que possuem o direito a esse abono salarial cujo ano – base é 2015, têm até o dia 28 do mês de dezembro para comparecerem a uma agencia bancária e realizar o saque do benefício.

Ou seja, restam menos de trinta dias para a retirada do benefício, sendo que quem não sacar seu saldo até esta data não terá mais a oportunidade de fazê-lo, perdendo assim seu benefício, pois o governo já anunciou que não haverá mais nenhum prazo de prorrogação para saques.

De acordo com informações do Ministério do Trabalho, cerca de 1,42 milhão de trabalhadores brasileiros ainda não sacaram seu saldo, o que representa um número bastante alto.

Dessa forma, encontram-se ainda nos cofres públicos um total de R$ 990 milhões para o pagamento do benefício do PIS/PASEP 2015. Os saques serão de valores entre R$79 e R$937, o que é determinado pelo tempo em que o cidadão exerceu atividades em empresa privada ou no setor público.

Desse montante ainda disponível para saque, metade será disponibilizada para a região Sudeste do país, sendo os estados que têm mais saques a fazer, o Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Assim, se você no ano de 2015 trabalhou na iniciativa privada e ainda não realizou o saque de seu benefício, compareça a uma agência da Caixa Econômica Federal ou vá a uma casa lotérica. Agora se você no ano de 2015 trabalhou como servidor público, seu benefício poderá ser sacado em uma agência do Banco do Brasil.

Para sacar seu benefício é preciso estar com um documento de identificação, o cartão cidadão e sua respectiva senha.

Se você ainda tem dúvidas se possui ou não o direito ao abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015, veja se você se enquadra em alguns quesitos.

– É preciso ter prestado serviços com a carteira profissional devidamente registrada pelo período mínimo de 30 dias no ano de 2015;

– No período em que trabalhou formalmente é preciso ter recebido uma remuneração mensal de no máximo dois salários mínimos vigentes;

– O trabalhador também precisa possuir inscrição no PIS, que é o Programa de Integração Social, ou no Pasep que é Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, pelo período mínimo de cinco anos.

Se sua situação atende aos requisitos citados acima consulte a sua situação no site do Ministério do trabalho no endereço http://verificasd.mtb.gov.br/abono. Para a realização da consulta é necessário preencher um campo com a data do seu nascimento e número de CPF ou de Inscrição no PIS/Pasep.

Também é possível fazer esta consulta através do número do Alô Trabalho, que é 158 ou pessoalmente em um agencia bancária.

A caixa também disponibiliza um número de telefone para que os beneficiários possam obter informações sobre o PIS, basta ligar para 0800-726 02 07.

Já o Banco do Brasil disponibiliza o número 0800-729 00 para os beneficiários do Pasep.

Verifique a sua situação e se possuir direito ao abono salarial do PIS/Pasep não deixe de procurar uma agência bancária e realizar o seu saque. O benefício do PIS/Pasep é um direito do trabalhador, por isso faça valer o seu direito e garanta um extra para o final do ano. Fique atento ao prazo.

Por Sirlene Montes

PIS


No dia 16 de fevereiro será liberado o pagamento do benefício do abono salarial referente ao ano de 2015 para os nascidos nos meses de março e abril.

Em tempos de crise toda ajuda é bem-vinda, ou melhor, todo abono salarial, principalmente para quem tem dívidas para pagar ou deseja fazer um pequeno reparo em casa, ou simplesmente ganhar um pouco para eventuais necessidades. Muitas vezes essa é a finalidade que muitos brasileiros dão ao abono salarial do PIS/PASEP.

E por falar em PIS, nesta quinta-feira, dia 16 de fevereiro, já estará liberado o pagamento do benefício referente ao ano de 2015, esse mês será a vez dos nascidos nos meses de março e abril.

O anúncio da liberação do pagamento do abono partiu do próprio Ministério do Trabalho que nesta mesma data também libera o pagamento do abono para os inscritos no PASEP, que contempla os servidores públicos do país. Neste mês serão contemplados os servidores que possuem como número final da inscrição os números 6 ou 7. O MT informada que estes servidores devem realizar os saques em agências do Banco do Brasil.

Da mesma forma o MT informa aos trabalhadores do setor privado que realizem os saques em agências da Caixa Econômica Federal, em comércios que possuem o serviço de atendimento “Caixa Aqui”, ou em casas lotéricas. Para poder sacar o dinheiro é preciso do Cartão Cidadão e da senha já registrada.

Segundo informações da Caixa, os saldos referentes ao pagamento dos beneficiados dos meses de março e abril estarão disponíveis para saque até a data limite de 30 do mês de junho. Se até essa data o trabalhador não retirar seu dinheiro ele será transferido para o FAT, Fundo de Amparo ao Trabalhador, e assim o trabalhador perde o abono.

O valor a ser sacado tanto para os trabalhadores da rede privada quanto para servidores públicos é de R$937,00, valor de um salário mínimo brasileiro atual.

Possuem o direito do abono do PIS/Pasep cidadãos que estejam inscritos no programa há pelo menos cinco anos, que tenham trabalhado no ano-base (2015) por no mínimo 30 dias com registro na carteira profissional, cuja remuneração não ultrapassasse dois salários mínimos. Contudo para receber o valor integral é preciso ter prestado serviços pelo tempo de 12 meses. Em casos que o trabalhador tenha prestado serviços por menos de 12 meses, ele terá direito a um valor equivalente.

Por Sirlene Montes

PIS





CONTINUE NAVEGANDO: