A NET, empresa de telefonia, TV a Cabo e Internet, poderá ser multada em 6 milhões de reais após deixar 200 mil dos seus clientes sem sinal de seus serviços na sexta-feira, 12 de outubro, afirma o Procon-SP.

Segundo o Procon-SP, a NET deve esclarecer até o final da semana o que ocasionou o problema que deixou seus clientes na grande São Paulo sem serviços por várias horas, além de “detalhar como foi o atendimento ao consumidor e como este será ressarcido do prejuízo", afirma a entidade.

O Código de Defesa do Consumidor garante aos clientes que no caso de haver problemas no fornecimento de serviços desse tipo que excedam trinta minutos é direito dos consumidores serem ressarcidos pela empresa provedora do serviço de maneira proporcional ao valor das assinaturas e ao tempo de interrupção do sinal.

Segundo a NET, o problema teria ocorrido em virtude de um acidente com os cabos de fibra ótica da empresa, na zona leste de São Paulo. O que teria ocorrido é que um caminhão teria danificado os cabos na Avenida Sapopemba, próximo às onze horas da sexta-feira.

Além disso, teria havido problemas também com o sistema de reserva da companhia que não funcionou quando foi acionado.

Por Matheus Camargo


Preços dos presentes para o Dia dos Pais variam em até 100% em São Paulo

Segundo uma pesquisa divulgada pela Fundação Procon-SP, a variação dos preços dos presentes para o Dia dos Pais chega a 100% na capital paulista.

Do total dos produtos comparados, o Ponto Frio apresentou o menor preço em 17 deles.

A análise foi feita entre os dias 10 e 11 de julho, em dez lojas de São Paulo. A pesquisa abrangeu 63 produtos, entre smartphones, tablets, barbeadores, máquinas fotográficas digitais, etc.

O Procon aconselha que os “filhos” pesquisem muito antes de concretizar a compra, pois as diferenças são realmente grandes. O ideal é negociar descontos, prazos para pagamento e comparar juros.


O Procon do Mato Grosso (MT) recebe a partir do dia 2 de agosto inscrições de consumidores interessados em participar do curso gratuito sobre o Direito do Consumidor e o Código de Defesa do Consumidor, que comemora 20 anos em 2010.

O curso será oferecido para 100 pessoas, através da internet. O curso sobre o Direito do Consumidor foi elaborado pela Fundação Procon São Paulo em parceria pela Escola Nacional de Defesa do Consumidor.

Os consumidores interessados em participar do curso gratuito podem se inscrever entre os dias 2 e 6 de agosto, no site: www.mj.gov.br/endc/virtual. Os alunos aprovados no curso online do Procon rceberão certificado de conclusão.

Por Luana Neves





CONTINUE NAVEGANDO: