A Receita Federal vai disponibilizar no dia 8 de novembro, quinta-feira, a consulta  ao sexto lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física para o ano de 2012. A consulta poderá ser feirta através dos site da Receita Federal a partir das nove horas da manhã.

Nesse sexto lote de restituição do imposto de renda do ano de 2012 estará incluindo ainda restituições residuais dos anos de 2011, 2010, 2009 e 2008. Os contribuintes beneficiados serão quase 600 mil. A receita deverá restituir cerca de 1,089 bilhão de reais.

O valor que cada pessoa terá a receber na contribuição depende da declaração e das deduções no imposto de renda. Para saber o valor, basta fazer a consulta no site da Receita. Os contribuintes começaram a receber os valores devido em restituições a partir do dia 16 de novembro.

Segundo a Receita Federal , cerca de 468.001 pessoas beneficiadas com restituições para o  exercício da ano 2012. O montante total das restituições ficará em 944,176 milhões de reais, serão acrescidos juros aos valores devidos pela receita correspondentes a 4,90% de acordo com a taxa de juros da Selic de maio de 2012 até novembro deste ano.

Para saber sua declaração foi liberada neste lote acesse a página da Receita Federal no endereço eletrônico www.receita.fazenda.gov.br.

Por Matheus Camargo


Imposto de Renda 2012.

Nesta segunda (17) , a Receita Federal começou a pagar o 4° Lote de Restituição do Imposto de Renda do Exercício 2012.

Vão ser creditadas simultaneamente as restituições referentes ao quarto lote deste ano e às residuais dos anos 2008, 2009, 2010 e 2011.

O total do depósito bancário soma R$ 1,8 bilhão para R$ 1.958 milhão de contribuintes. A grande parte dos pagamentos faz referência ao exercício de 2012, em um total de R$ 1,7 bilhão, para 1.928 milhão de contribuintes.

Os contribuintes devem acessar o site da Receita Federal – www.receita.fazenda.gov.br – para saber se estão incluídos nos pagamentos que foram liderados nesta segunda.

Para aqueles que não entraram na relação de restituições liberadas até o momento, deverão verificar o extrato da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2012 se há alguma pendência ou outros motivos para a retenção da malha fina.





CONTINUE NAVEGANDO: