O Governo Central, que inclui o Tesouro Nacional o Banco Central e a Previdência Social, anunciaram obter cerca de 1,256 bilhão de reais em superávit primário no mês de setembro.

O Tesouro Nacional, responsável por recolher os impostos pagos ao governo federal, registrou um superávit de 12,518 bilhões de reais. Já o Banco Central apresenta em seu balanço financeiro um déficit de 141,7 bilhões de reais. Isso corresponde um déficit com um volume  59,3 por cento menor do que o apresentado no balanço do mês de agosto. A Previdência Social gastou 11,121 bilhões de reais a mais do que arrecadou no mês de setembro ficando com 1,256 bilhões de reais em déficit no mês.

O resultado acumulado do superávit primário do Governo Central para janeiro a setembro de 2012 é de 54,765 bilhões de reais. Isso é equivalente a 1,68 por cento do Produto Interno Bruto do país. Esse resultado é  27,3 por cento mais baixo do que o superávit do mesmo período do ano de 211. Naquele momento o superávit chegou a 75,291 bilhões de reais, que correspondiam à 2,47% do PIB.

Somente o Tesouro Nacional arrecadou  mais do que gastou entre janeiro a setembro de 2012. O Tesouro conta com a quantia de 94,517 bilhões de reais de superávit acumulado no ano. O Banco Central acumula um gasto maior que seus dividendos em 554,2 milhões de reais, nesse período.

Por Matheus Camargo





CONTINUE NAVEGANDO: