Nesta quarta feira, dia 31 de outubro, o presidente da Eletrobrás afirmou que a companhia espera receber por parte do governo federal indenizações na ordem  30 bilhões de reais. Segundo José da Costa Carvalho Neto, as indenizações são devidas pelo governo por causa de ativos ainda não amortizados na área de geração de energia elétrica e da sua rede de transmissão.

O governo federal publica na quinta-feira, dia primeiro de novembro, as novas tarifas das indenizações que as empresas do setor elétrico terão direito a receber sobre os ativos. A publicação da nova tarifa de indenizações sobre ativos será sobre as concessões de energia elétrica que vence a partir de 2015. Indenizações do governo pode chegar a até 21 bilhões de reais no setor elétrico

Diversas autoridades do governo federal que são responsáveis pelo gerenciamento do setor elétrico já anunciaram anteriormente que o volume das negociações sobre os ativos não amortizados deverá ser bem menor do que as companhias estão esperando. O Ministério de Minas e Energia calcula que o total dos ativos a serem pagos para as companhias concessionárias do setor elétrico deverá ficar no montante de 21 bilhões de reais.

Por Matheus Camargo





CONTINUE NAVEGANDO: