Como consultar dinheiro esquecido no banco?


Desde o dia 21 de março, o Banco Central liberou o dinheiro esquecido em bancos para o último grupo. Assim, as pessoas e as empresas que foram nascidas e criadas a partir do ano de 1983 podem acessar estes valores através de uma consulta no site valoresareceber.bcb,gov.br e solicitar o resgate do dinheiro.

Caso você ainda não saiba como fazer isso, é algo bastante simples e que será devidamente ensinado ao longo deste artigo. Portanto, basta continuar a leitura para aprender a resgatar o dinheiro que você deixou esquecido em contas bancárias antigas e fazer com que ele volte para as suas mãos.


Porém, antes, é importante lembrar que as pessoas que descobriram que possuem valores através da consultam devem seguir o cronograma informado, que foi estipulado para evitar congestionamento dos sistemas do Banco Central e eventuais problemas com o resgate. De acordo com as informações divulgadas, cerca de R$3,9 bilhões dos R$8 bilhões que foram esquecidos em contas bancárias já foram devidamente liberados, bem como as suas respectivas datas de saque e de repescagem.


Sobre a repescagem, vale ressaltar que ela é um direito de pessoas de todos os grupos que acabaram perdendo o prazo regular para fazer a solicitação. Cada grupo recebe uma data e, caso ela seja novamente perdida, não existem informações quanto ao que poderá ser feito. Portanto, tenha atenção a essa questão para garantir a sua solicitação e saque. Somente quando o Banco Central anunciar a abertura de uma nova fase será possível resgatar os valores, mas ainda não se sabe quando isso acontecerá.


Para fazer a consulta dos valores pendentes, primeiramente, é necessário se dirigir até o site valoresareceber.bcb.gov.br. Então, o usuário deverá inserir algumas informações pessoais, como o seu CPF e data de nascimento. No caso das empresas que desejam consultar contas antigas, será preciso utilizar o CNPJ e a data de abertura para verificar os valores pendentes.


Leia também:  Mega-Sena pagou o prêmio de R$ 75 mi a um ganhador

É interessante destacar que as pessoas que têm algo a receber vão visualizar imediatamente quais são esses valores. Elas também serão informadas quanto à data na qual o Banco Central pretende fazer o pagamento. Portanto, o mais indicado é que procurem anotar esta data para garantir que não perderão o prazo e precisarão usar a repescagem.

É importante ressaltar que quem ainda não possui um login gov.br precisará fazer um cadastro. Assim, vale informar que ele é gratuito e pode ser feito tanto através do site quanto pelo aplicativo do Governo Federal. Será preciso possuir um cadastro de nível prata para conseguir solicitar os valores e não será possível ter acesso ao sistema apenas com um login Registrato.

Então, uma vez que o seu cadastro esteja devidamente pronto, é necessário retornar ao site valoresareceber.bcb.gov.br na data que foi indicada no ato da consulta. Assim, nessa ocasião, o usuário precisará inserir o login que foi criado anteriormente e poderá solicitar a sua transferência dos valores previamente consultados.

Vale ressaltar que as pessoas que perderam as suas datas e desejam saber mais sobre o processo de repescagem precisam acessar novamente o site valoresareceber.bcb.gov.br e realizar uma nova consulta. Então, elas serão informadas de um novo prazo para fazer as suas solicitações caso a sua repescagem não tenha sido concluída até o presente momento.

É interessante destacar que como a devolução deste dinheiro é um direito dos cidadãos, não existe motivo para a preocupação com a perda caso o prazo da repescagem também seja perdido. As quantias indicadas continuarão armazenadas nas instituições financeiras pelo tempo que for necessário até que o Governo Federal disponibilize novas datas de pagamentos e os valores em questão sejam sacados. Desse modo, embora não seja recomendado perder o prazo visto que uma nova abertura pode demorar, isso também não é motivo para pânico.

Leia também:  NuSócios - Como Funciona o Programa que Oferece Ações do Nubank



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.