RG Digital – como solicitar no RJ


No Estado do Rio de Janeiro é possível fazer o RG de forma totalmente online.

Ainda em novembro de 2021, tornou-se possível fazer o documento de identidade (RG) de forma totalmente online no estado do Rio de Janeiro. Isso foi possibilitado graças ao aplicativo Identidade RG, que está disponível para celulares com o sistema operacional Android e iOs.


De acordo com as informações que se tem sobre o app, o documento é fornecido para o cidadão mediante a leitura de um QR Code e da biometria facial. Devido a praticidade do aplicativo, somente na ocasião do seu lançamento ele conquistou, em média, 70 mil novos usuários.


Apesar desse recurso tecnológico e que economiza algum tempo, ainda existem pessoas que preferem recorrer a filas em órgãos públicos para fazer o RG. Isso acontece devido à falta de familiaridade com os recursos tecnológicos. Desse modo, para que todos possam usufruir deste tipo de facilidade, ao longo deste artigo será explicado como tirar o RG virtual no estado do Rio de Janeiro.


Porém, é preciso ressaltar que quem fez a primeira via do seu documento antes do dia 5 de abril de 2019 não pode usar o Identidade Digital RJ. Isso acontece porque os documentos de datas anteriores não estão disponíveis no sistema do aplicativo.


Mas, se este não é o seu caso, siga o passo a passo a seguir para conseguir a emissão odo seu RG de forma rápida, sem burocracia e muito simples.

  1. Baixe o Identidade Digital RJ na loja de aplicativos do seu smartphone. Posteriormente, clique no botão “Adicionar identidade”, localizado ainda na página inicial do aplicativo.
  2. Então, forneça todas as permissões que forem solicitadas, visto que elas são necessárias para o funcionamento correto do app. Na sequência, clique na opção Ler Código QR e dê prosseguimento para os passos apontando a câmera do celular para o código dentro da carteira de identidade.
  3. Uma vez que a etapa anterior esteja concluída, clique em Iniciar Reconhecimento. Após dar este comando, a câmera frontal do aparelho será aberta e, então, o aplicativo começará o processo de reconhecimento facial. Com esta etapa devidamente concluída, algumas informações serão pedidas, como uma senha, e depois é preciso clicar em Continuar.
  4. Então, a identidade digital será devidamente adicionada ao dispositivo. Os dados ficarão salvos no aplicativo e ele pode ser acessado sempre que for necessário obter uma nova via do documento.

Essa iniciativa faz parte de uma série de medidas pensadas para desburocratizar os serviços públicos, que já estão sendo aplicadas no Brasil há algumas décadas, mas ainda de forma tímida. Nesse sentido, algo que se destaca bastante é o Poupa Tempo, que abre uma série de possibilidades para as pessoas do estado de São Paulo.

Assim, através deste recurso é possível fazer o agendamento de segunda via de documentos, bem como resolver uma série de questões que antes exigiriam o comparecimento em um órgão público através da internet. As facilidades se tornaram ainda maiores devido ao contexto de isolamento social, visto que os serviços não poderiam ser oferecidos pelo Poupa Tempo com segurança neste contexto.

Entretanto, apenas oferecer as facilidades não é o suficiente, visto que muitas pessoas ainda não têm familiaridade suficiente com a tecnologia para poder aproveitá-las, de modo que isso resolve somente de forma parcial a questão da burocracia nos serviços públicos. Desse modo, antes de mais nada, é preciso pensar em formas de educar a população para que ela saiba aproveitar as vantagens que são oferecidas.

Outro aspecto que deve ser pensado é o acesso à tecnologia. Ainda que ela tenha se tornado mais popular ao longo da última década, ainda não são todas as pessoas no Brasil que têm acesso a recursos como smartphones e computadores, o que pode fazer com que elas continuem precisando usar serviços presenciais.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.