Cidades Brasileiras Mais Caras para Comprar um Imóvel


Confira aqui a lista com as cidades brasileiras mais cara para se comprar um imóvel.

Quais são as cidades brasileiras onde as aquisições de imóveis são mais caras?

Na atualidade, diante da nova crise gerada pela pandemia, mesmo os cidadãos mais abastados, ocupando cargos bem pagos, passaram seus apertos. Quem tem planos de adquirir uma casa este ano, e tem recursos para escolher entre os melhores imóveis, precisa estar atento às regiões e aos preços. Em algumas cidades é mais caro morar que outras. De acordo com as mais atualizadas tabelas do mercado imobiliário nacional, entre as capitais onde apartamentos e residências custam muito caro estão: Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal.


Abaixo segue uma relação das regiões onde as moradias custam mais ao bolso:

1 – No Rio de Janeiro: este é o ranking número um, por conta da fama de uma das maiores cidades turísticas do mundo. O preço de um metro quadrado na capital é o mais caro, no teto de 9.719 reais, conforme registrado pelo Fipe Zap.


2 – Em São Paulo: uma das mais famosas capitais também está elencada entre as regiões onde os valores de moradias são altos. A tabela da Fipe Zap indica preço de metro quadrado na escala de 8.703 reais. Neste caso, a capital paulista está entre as cidades mais importantes no mundo, em termos de economia e cultura, na qual muitas pessoas de negócios precisam residir.


3 – Distrito Federal: na capital de nossa nação a mesma tabela registrou valor de 7.814 reais por metro quadrado. Neste caso, dispensando extensas explanações, o alto custo tem origem no fato de ser residência de grande parte das autoridades políticas brasileiras, incluindo o Presidente da República.


4 – Em Niterói: Outra grande cidade de alto padrão. Uma das grandes comarcas turísticas sul americanas. A atualização da Fipe Zap indica 7.258 reais por metro quadrado. O distrito ocupa o primeiro ranking entre as cidades que não são capitais, e de maior custo nas moradias.

5 – Em Florianópolis: a capital de Santa Catarina tem padrão de 6.870 por metro quadrado, segundo a mesma avaliação Fipe Zap. Trata-se de uma das grandes cidades turísticas brasileiras, tanto pelas paisagens naturais, quanto pela cultua tradicional. Uma cidade de inúmeras belezas.

6 – Em Belo Horizonte: a capital mineira, segundo a Fipe Zap, apresenta valor de 6.395 reais por metro quadrado. Aqui, além das grandes belezas naturais, da cultura tradicional e secular, a comarca constitui um dos mais importantes polos universitários da nação, bem como na concentração de grandes indústrias e companhias das mais importantes, internacionalmente.

7 – Em São Caetano do Sul: cidade paulista que ocupa posição entre as mais caras, em termos de moradias, por sua proximidade da Capital. A tabela registra, atualmente, 5.985 reais por metro quadrado. Outro dado que a qualifica no ranking é o registro de satisfatório de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM).

8 – Em Recife: esta é uma das mais famosas capitais turísticas e culturais do Brasil, um dos mais belos litorais do território nacional. A tabela atualizou preços na escala de 5.913 reais por metro quadrado. Inclusive, como em outras cidades turísticas, muitas pessoas famosas e milionárias possuem residência por lá, tornando a região extremamente importante para a economia brasileira.

9 – Em Fortaleza: na penúltima posição deste importante ranking, a metragem de alto custo também se dá por sua potência turística, registrando, hoje, 5.872 reais por metro quadrado.

10 – Em Curitiba: uma das mais importantes cidades brasileiras por ser verdadeiro polo estudantil e empregatício. O valor por metro quadrado chega a 5.756 reais por metro quadrado.

Outro dado importante é o índice populacional de cada município aqui citado.


Paulo Henrique dos Santos


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.