Greve dos Caminhoneiros 2021 – Estradas com Bloqueios



Greve já atinge os estados do Espírito Sinto, Goiás, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Roraima e Rondônia.

A Polícia Rodoviária Federal divulgou que ao menos em 15 estados existem pontos de bloqueio nas rodovias do país. Isso se deve a paralisação que está sendo feita pelos caminhoneiros, que foi iniciada nesta última quarta-feira (8).

A pauta que está sendo levantada pelos caminhoneiros nesta paralisação que se iniciou destaca-se por ser bolsonarista e reforça a insatisfação dos mesmos com o STF. Até o momento, desde que a movimentação foi iniciada, alguns estados já se encontram sendo afetados pelos bloqueios, entre eles: Espírito Sinto, Goiás, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Roraima e Rondônia.



De acordo com algumas informações que foram dadas pelo Ministério da Infraestrutura, ao final da manhã desta quinta-feira (9), os movimentos que foram iniciados estão tomando conta de cerca de 14 estados e somente em 5 destes existe algum tipo de interdição por parte dos envolvidos. Neste caso os estados em questão são: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina, Bahia e Maranhão.

Outra informação que foi divulgada pelo Ministério da Infraestrutura é a de que alguns dos corredores logísticos que são considerados como essenciais contaram com uma abertura para os caminhões ainda pela manhã desta quinta. Neste caso o processo aconteceu na Dutra e Reduc no Rio de Janeiro, na BR101 no Espírito Santo, BR376 no Paraná, BR153 em Goiás e BR040 em Minas Gerais.

Leia também:  Aumento da Dívida Pública Federal em Setembro de 2012


Já no Rio Grande do Sul o bloqueio das estradas passou a ser total ainda na quarta-feira, foram registadas cerca de 55% das ocorrências totais na região em questão. O Ministério se manifestou através de uma nota para ressaltar que não se tem nenhum tipo de coordenação contando com uma entidade setorial de transporte, e as mobilizações que estão sendo feitas neste momento possuem um caráter heterogêneo. Portanto, estas não se limitam a uma categoria específica.

A maior manifestação que se tem registro até o momento aconteceu em Santa Catarina. Já no Maranhão os manifestantes foram responsáveis por fechar rodovias inteiras e balsas. A pauta era devido a um protesto iniciado contra o STF, de acordo com o que foi informado pela polícia do próprio estado.

Diante deste cenário, Alfredo Menezes, gestor da Armor Capital, fez um alerta a respeito da situação. De acordo com o gestor, o foco agora para o mercado é garantir que haja o movimento dos caminhoneiros. Para o PIB e para o fiscal esta paralisação seria horrível e poderia prejudicar muito os setores diversos da economia. Na quarta-feira inclusive a Petrobrás passou por uma queda em seus pregões de cerca de 5%, a Ibovespa também, por sua vez passou por uma queda de 4% e por fim o dólar sofreu com um aumento chegando a 5,32 reais.

Com está situação em andamento, é esperado que nesta quinta-feira ainda ocorram algumas conversas com os caminhoneiros para ouvir as demandas e também para que a questão seja resolvida da melhor forma. Desde que se iniciou a paralisação, os caminhoneiros vem protestando assim como outros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, a respeito do STF, uma pauta que tem sido constante nos últimos dias. Portanto, é esperado também que o presidente se manifeste em relação a paralisação para que os próximos passos sejam tomados para resolver esta questão. A paralisação dos caminhoneiros como é visto pode gerar alguns problemas quanto a economia, pois sem a circulação dos mesmos há uma forte tendência de quedas no mercado financeiro. No decorrer do dia o presidente deverá se manifestar a respeito do assunto. Mas até o momento em várias regiões do Brasil os caminhoneiros permanecem paralisados nas estradas de todo o Brasil.

Leia também:  Etanol ainda é vantajoso em 5 estados brasileiros

Greve dos Caminhoneiros 2021 - Estradas com Bloqueios

Nayara Silva Guimarães

Greve dos Caminhoneiros 2021 - Estradas com Bloqueios
Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *