Como Economizar Dinheiro no Mês e Melhorar a Renda

Confira aqui algumas dicas para economizar dinheiro e aumentar a sua renda.

Muitas pessoas têm sonhos que acreditam não serem possíveis de realizar apenas por falta de condições financeiras. Mas, e se alguém lhe dissesse que sim, é possível você planejar e realizar muitos deles apenas com uma mudança na forma como lida com seu dinheiro? Que você pode estipular suas metas e economizar o dinheiro que vai fazer com que você as atinja.

Talvez, lendo esse artigo, você esteja pensando que isso não é algo pra você, já que ganha muito pouco e não consegue separar algum valor para ser guardado. Pois saiba que esse pensamento não está correto, e em muitos casos essa dificuldade tem a ver apenas com a falta de planejamento e educação financeira. É bem comum encontrarmos pessoas que recebem um salário alto e nem por isso têm suas contas equilibradas. Também acumulam dívidas e não conseguem economizar. Por outro lado, outras que ganham bem menos conseguem fechar o mês sem preocupação. Isso é a prova de que o mais importante é organização e cautela nos gastos.

Confira a seguir algumas dicas que podem ajudar você a conseguir lidar de forma mais tranquila com seu dinheiro e chegar com saldo positivo no final do mês.

O primeiro passo é identificar a sua real condição financeira, identificando tudo o que tem que ser pago e de quanto dispõe para gastar. É importante colocar tudo às claras para conseguir organizar.

Reconhecer as despesas que são fixas e as variáveis pode ajudar na economia. As fixas são aquelas que têm um valor já determinado como aluguel, plano de saúde, etc. E também as variáveis como luz, água e alimentação, que podem ser mais altas ou baixas, dependendo do consumo – essas são as que podem ser reduzidas com um pouco de esforço para controlar. Diminuir o valor de contas como luz, água e gás pode ser apenas uma questão de evitar o desperdício. Vale a pena tentar.

Leia também:  Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) - Alta na Última Semana de Março de 2012

Identifique os gastos supérfluos que podem ser dispensados. Coisas que de fato você não precisa e portanto não são essenciais. Muitas vezes somos estimulados a comprar itens que não nos fazem falta, e excluí-los pode ajudar a poupar dinheiro. Sempre que sentir vontade de comprar, pare para pensar se de fato está precisando.

Algumas mudanças no comportamento também podem trazer bastante benefícios, como aderir a marmita, por exemplo. Trocar refeições em restaurantes por marmita no trabalho, além de resultar em economia, ainda pode significar uma refeição mais saudável.

Outra dica para fazer sobrar um dinheiro no final do mês, além de contribuir com uma saúde melhor, é ir para o trabalho de bicicleta ou até mesmo caminhar, sempre que isso for possível.

Conte com a ajuda de aplicativos que são bastante úteis no gerenciamento da vida financeira. Através deles é possível controlar gastos e entrada de dinheiro com mais facilidade.

Quando for fazer uma compra, dê preferência ao pagamento à vista, pois dessa forma é possível conseguir um desconto. Ao sair para as compras, não esqueça de preparar uma lista, e procure não adquirir itens que não foram marcados. Evite comprar por impulso, e sair do planejado.

Procure fazer uma pesquisa antes de comprar. Você pode se surpreender com a diferença de preços praticados. Para isso, vale a pena utilizar as algumas plataformas que mostram onde encontrar as melhores ofertas. Fóruns on-line são também de grande ajuda nas pesquisas, já que através deles pode-se conhecer a opinião de outros consumidores.

Muitas vezes podemos diminuir os gastos fazendo determinados serviços em casa e evitando pagar alguém por isso. Pequenos reparos e consertos são possíveis de realizar sem a necessidade de um profissional.

Leia também:  Investimentos - Dicas e opções

Se quer mesmo guardar dinheiro, evite pedir delivery. Não tenha isso como um hábito, reduza os pedidos.

As contas devem ser pagas até o dia do vencimento, isso vai evitar o gasto com juros e multas.

Escolher a melhor hora para viajar é algo que traz bons resultados quando falamos de economia. As viagens devem ser planejadas para a baixa temporada, que é quando estão com preços melhores.

Trocar algumas formas de lazer por outras que sejam mais econômicas também contribui para a economia. Ao trocar ida ao restaurante por um almoço em casa com a família, um passeio na praia, o gasto pode ser menor.

Livros são também ótimos, já que a internet nos oferece bastante opções sem que se precise gastar muito.

Já bastante praticados, o Cashback (quando é dado ao cliente um valor de volta) e os cartões de desconto podem fazer com que os produtos comprados saiam com preço mais baixo. Por isso fique atento às plataformas que oferecem os benefícios.

Não utilize seu cartão de crédito como se ele fosse dinheiro. A conta vai ter de ser paga e é bom se lembrar disso na hora da compra.

A fome é aliada das compras por impulso

Uma sugestão para evitar gastos desnecessários é não sair às compras sem se alimentar. A fome pode levar você a gastar com itens não planejados.

Com planejamento e um pouco de determinação, é possível mudar a sua relação com o dinheiro.

Henri Silva

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *