Nova Aposentadoria – Como Calcular e Saber se Está na Regra de Transição



Saiba aqui como é feito o cálculo da nova aposentadoria e descubra se está na regra de transição.

Entenda como funciona o cálculo de aposentadoria e se esse tempo de aposentadoria está dentro dos conformes exigidos pelas regras de transição.

Com a reforma da Previdência, muitos números ficaram confusos e as novas contas ainda são pouco conhecidas. Ficou com dúvida sobre como calcular sobre o novo tempo de aposentadoria? Confira esse artigo e entenda a conta.



Para iniciar a conversa, a idade mínima de aposentadoria passa a ser de 62 anos, no caso das mulheres, e de 65 anos, no caso dos homens. Se um homem estiver com 20 anos hoje, ele só vai poder se aposentar em 2064. Uma mulher, que tiver a mesma idade, só poderá se aposentar no ano de 2061.

Contudo, não é só isso. Se alguém já está próximo dessa idade e acha que pode se aposentar numa boa, não é bem por aí. Para que seja possível a aposentadoria, é necessário que o potencial aposentado esteja dentro das regras de transição. Serão 4 regras que podem te ajudar ou não a entrar para o hall dos aposentados. Essas regras serão escolha do funcionário, a partir do que for mais vantajoso para ele.



Uma explicação sobre a idade mínima

Como já dito, a mulher precisa ter 62 anos, pelo menos, e mais 15 anos de contribuição, e o homem, 65 anos, pelo menos, e mais 20 anos de contribuição. Mas esse novo critério passa a valer somente a partir de 2027 e para as mulheres em 2031. Caso a ideia de se aposentar por idade mínima não seja algo tão proveitoso para o candidato, é possível ainda se aposentar por pontos, que serão explicados em breve.

O motivo de se aposentar mais cedo ser menos proveitoso, é justamente pelo fato de que há uma porcentagem de valores de aposentadoria. Por exemplo, se um homem decidir se aposentar com 35 anos e 20 anos de serviço, ele terá apenas 60% da média salarial desses 20 anos, e não 100%. Para que a pessa receba 100% da média salarial, é necessário que ele tenha 40 anos de serviço. Vale lembrar que o mínimo da Previdência é de R$ 5.839,45, então se há interesse em aposentar para receber mais do que isso, nem vale muito a pena.

Sobre a transição para a idade mínima: entenda se você já pode se aposentar

Para os que estão pertos de se aposentar, é possível entrar na regra de transição. De acordo com a matemática, para se aposentar em 2019, é necessário que a mulher tenha 56 anos e o homem tenha 61. Além disso, é necessário que a mulher tenha 30 anos de contribuição e o homem tenha 35. Essa regra estará valendo até o ano de 2031, e por isso, as idades para entrar pela transição são menores. Pois são o tempo de chegar à idade de se aposentar.

Confira abaixo uma lista com as idades mínimas dos respectivos anos para a regra de transição:

  • 2019, 61 anos para os homens e 56 anos para as mulheres;
  • 2020, 61,5 anos para os homens e 56,5 anos para as mulheres;
  • 2021, 62 anos para os homens e 57 anos para as mulheres;
  • 2022, 62,5 anos para os homens e 57,5 anos para as mulheres;
  • 2023, 63 anos para os homens e 58 anos para as mulheres;
  • 2024, 63,5 anos para os homens e 58,5 anos para as mulheres;
  • 2025, 64 anos para os homens e 59 anos para as mulheres;
  • 2026, 64,5 anos para os homens e 59,5 anos para as mulheres;
  • 2027, 65 anos para os homens e 60 anos para as mulheres;
  • 2028, 65 anos para os homens e 60,5 anos para as mulheres;
  • 2029, 65 anos para os homens e 61 anos para as mulheres;
  • 2030, 65 anos para os homens e 61,5 anos para as mulheres;

Aposentadoria por pontos

Ainda há a possibilidade de se aposentar através dos pontos. Esses pontos são o resultado da soma da idade com o tempo de contribuição. Sendo assim, digamos que um homem tenha 60 anos e 36 anos de contribuição. Isso quer dizer que ele tem 96 pontos. Para essa regra, a mulher precisa ter 86 pontos e o homem, 96 pontos. Depois de aposentados, serão aumentados 1 ponto ao ano, correspondente à idade. Essa regra dura até 2033.

DAVI GABRIEL SOARES

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *