Consultar Saldo do FGTS – Como Fazer





Saiba aqui como consultar o saldo do seu FGTS.

Neste ano de 2019, o mês de julho, tradicionalmente um período de férias escolares, traz também um boa notícia para o trabalhador brasileiro. O governo anunciou, no último dia 17, que vai liberar o saque do FGTS das contas ativas dos trabalhadores brasileiros.

Numa tentativa de dar um maior aquecimento na economia brasileira, a medida vai possiblitar uma injeção da ordem de R$ 42 bilhões. Somado também à liberação das contas do PIS/PASEP, no total, os analistas do governo prevêem uma elevação de cerca de R$ 60 bilhões em toda a cadeia de consumo e comercialização brasileira.




Com anúncio da medida, podemos esperar daqui em diante uma verdadeira corrida de trabalhadores nas agências da Caixa em todo o país. Entretanto, este aumento de demanda deverá ocorrer de forma gradativa, já que os saques só deverão ser liberados nas datas de aniversários dos respectivos trabalhadores.

No total de beneficiados que tem direito a sacar o dinheiro, muitos não não fazem ideia do total que existe depositado em suas contas individuais nas agências da Caixa espalhadas em todo o Brasil.


Para os leitores que estão lendo este artigo, vamos dar aqui algumas dicas de como consultar o extrato do seu FGTS, no caso, de quem possui conta ativas.

O procedimento também é válido para aquelas pessoas que não estão com nenhum tipo de contrato de trabalho em vigor, mas que possuem saldo depositado oriundos de vínculos empregatícios anteriores.

Quem terá direito a sacar o FGTS ?

Numa primeira etapa, apenas as contas ativas serão beneficiadas, mas o governo já acena com a hipótese de estudar a liberação das inativas.

Como proceder para emitir o extrato do seu FGTS ?

Num primeiro momento seria se dirigir a uma agência da Caixa mais próxima, levando o número do PIS e entrar numa fila (às vezes, bastante longa) para sabero valor exato depositado.

Mas como estamos nestes tempos de internet, o governo, através da instituição bancária, criou outros canais que podem facilitar a vida dos trabalhadores.

Para quem quiser saber os valores pode optar por acessar o endereço eletrônico (www.caixa.gov.br) . No campo referente ao FGTS, basta informar o número do NIS (Número de Identificação Social), também denominado de PIS/PASEP e cadastrar uma senha. Depois disto, basta acessar a opção de extrato usando a senha cadastrada.

No site da Caixa ainda é possível o trabalhador consultar todas as suas informações cadastrais e optar por receber as atualizações dos valores por meio de SMS. Assim é possível saber se o empregador realiza os depósitos mensais obrigatórios na sua conta do Fundo de Garantia.

Entretanto, cabe salientar aqui para os leitores que possuem o Cartão do Cidadão, que basta informar o número do PIS e a senha do cartão.

Uma outra alternativa seria o uso do aplicativo da Caixa disponivel para smartphones (FGTS). Para quem possui Androird, basta acessar o Google Play. Se você possui iPhone, pode baixá-lo no Apple Store. Todos os aplicativos estão disponibilizados gratuitamente. Em ambos será preciso o trabalhador ter em mãos o seu número do PIS.

Possuir um extrato atualzado do FGTS é importante para saber quanto posso sacar

Deixamos este tópico para final, pois é de suma importância que o trabalhador saiba extamente qual o valor do FGTS depositado para saber o quanto vai poder sacar.

De acordo com as regras de saque definidas pelo governo, os trabalhadores da ativa não vão poder sacar o valor integral depositado. Ele deverá ser disponibilizado em percentuais de acordo com o valor em conta.

O governo estipulou da seguinte forma: Para quem possui até R$ 5 mil em conta, poderá sacar apenas 35% deste valor. Para quem possui acima de R$ 5 mil, num total de até R$ 10 mil, será permitido movimentar apenas 30%.

Caso o trabalhador possua acima de R$ 50 mil, poderá retirar apenas 10% do total. E para quem possui acima de R$ 10 mil, num limite de até R$ 50 mil, o governo ainda não se decidiu por qual percentual vai liberar o saque. Isto deve ocorrer nos próximos dias.

Portanto, para você que é trabalhador da ativa, saiba, de antemão, qual o seu saldo total do FGTS depositado e presta bastante atenção nos prazos estipulados que irão variar de acordo com a data do seu aniversário.

Emmanoel Gomes

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *