Novo Saque do Dinheiro de Contas Ativas do FGTS 2019





GOverno pode liberar novo saque buscando aquecer a economia.

Os brasileiros, principalmente aqueles que possuem baixa renda ou ainda que se encontram em situação de desemprego, sabem o quanto está difícil a situação financeira do país. Afinal, com a estagnação econômica a renda familiar é revertida mais para as necessidades básicas da família, que por horas não possui mais condições, ou prefere como medida de prevenção não realizar compras de alto valor que podem comprometer seu orçamento ou ainda durar por muito tempo. A palavra de ordem agora é economizar e tentar ir levando a vida na medida do possível.

Infelizmente, o que precede é que a economia do país ainda se encontra em estado de estagnação e os brasileiros têm que se desdobrar para driblar esta crise que atingiu o país desde meados do ano de 2016 e que até o momento não passou. Dessa forma, para tentar auxiliar os brasileiros, o governo decidiu realizar a liberação dos recursos do Fundo Garantidor, o FGTS, assim como do PIS/Pasep. Porém, os recursos estarão liberados mediante a comprovação de algumas situações. Contudo, ainda não existe uma data definida para isso acontecer, o que deve ser em breve. Para saber mais sobre essa decisão do governo, continue lendo este artigo.




De acordo com Paulo Guedes, ministro da Economia, o governo confirma a liberação dos recursos do Pis/Pasep assim como do FGTS das contas consideradas ativas e inativas. De acordo com as palavras do ministro, a liberação dos saques deve acontecer o mais breve possível, mais precisamente quando as reformas forem definidas. As novidades devem ser anuncidas nas próximas semanas.

Ainda de acordo com o ministro, o projeto para a liberação dos recursos do PIS/Pasep está totalizado, porém, o governo resolveu fazer uma análise sobre a questão da liberação do FGTS também.


O foco das mudanças está nas questões da reforma da Previdência, contudo, ainda existem outras medidas que estão em andamento, como a reforma tributária e outras negociações internacionais.

Em breve o governo pretende fazer o anúncio e um grande acordo comercial.Referente aos negócios entre a União Européia e o Mercosul.

Em relação aos problemas que o país enfrenta, apesar de o PIB não ter recuado neste últimos trimestres, o Brasil está quase em estado de recessão.

O consumo familiar vem passando por uma desaceleração e o investimento privado passa também por forte contração. O resultado é uma forte estagnação econômica que é refletida diretamente na vida dos brasileiros, principalmete os de renda familiar mais baixa.

Diante desta estagnação, quase recessão da economia, a liberação destes recursos pode estimular o aumento do consumo das famílias brasileiras. A economia do país meio que parada, para melhorar só poderá contar mesmo com as reformas que o governo pretende fazer, para assim poder melhorar.

Há quem diga que a economia do país tem melhorado e que aos poucos a crise está ficando para trás. Porém, apesar de a recessão não ter sido confirmada oficialmente, ela é quase uma realidade, o que é muito ruim para o país. Dessa forma, a liberação dos recursos do PIS/Pasep pode ser muito bem vinda, já que muitos brasileiros se encontram em situação de desemprego e esses recursos poderão ser aplicados para o pagamento de dívidas acumuladas e para a aquisição de novos bens, fazendo com que uma porção considerável de dinheiro volte a circular no país, fazendo com que a economia dê uma movimentada.

Sobre a liberação dos recursos do PIS/Pasep, o governo já sinalizou que isso irá acontecer, resta agora que ele anuncie a decisão sobre os recursos do FGTS, o que irá beneficiar um número ainda maior de brasileiros. Resta agora aos brasileiros aguardar as novidades que segundo o ministro da economia devem ser anunciadas nas próximas semanas.

Sirlene Montes

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *