Fiesp – Brasil sofre desindustrialização





Segundo pesquisas da Fiesp, Federação das Industrias do Estado de São Paulo, a fatia da participação da indústria no PIB deve cair para 14% no brasil este ano. Paulo Francini, diretor de pesquisas da Fiesp afirma que a participação do setor industrial no PIB, Produto Interno Bruto,  brasileiro deve cair dos atuais 14 , 6% para um valor de 14 por cento.

De acordo com Francini, os dados coletados pela Fiesp apontam para uma desindustrialização do país. O indicador de atividade industrial medidor da produção industrial no Brasil tem apresentado constantes recuos quando comparado com a evolução do BIP. Segundo ele em 2002 a indústria representava cerca de 18% do PIB nacional.




Os dados da Fiesp apontam também que o setor deverá empregar menos gente em 2012. Pelas perspectivas de Francini poderá haver um recuo de 75 mil vagas de emprego na área da industria de transformação. Segundo ele 2012 “está condenado” em relação ao níveis de emprego industrial.

A situação complicada da indústria de transformação no país se deve a retração econômica da Europa e a desaceleração do crescimento da China. Francini declara que haveria uma capacidade instalada excedente de indústria de transformação para os níveis de consumo mundial.


Por Matheus Camargo



1 comentário em “Fiesp – Brasil sofre desindustrialização

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *