Recorde de Empregos – Rio de Janeiro – Primeiro Semestre de 2010

  

  

No embalo do aquecimento da economia brasileira que vem mantendo o fôlego e parece caminhar para certa estabilidade, o estado do Rio de Janeiro, conforme pesquisa da FIRJAN (Federação das indústrias do Estado do Rio de Janeiro), em matéria divulgada no site dinheiro.br.msn, bateu recordes na geração de empregos no primeiro semestre deste ano.

De acordo com a Firjan o aumento dos postos de trabalho seguiu a tendência que foi registrada no primeiro trimestre do ano e manteve a força no aumento de vagas no segundo trimestre gerando números que chegaram ao recorde no período desde que foi iniciada a apuração em 1995. Ao todo foram registrados 88.591 postos de trabalho, sendo que deste total 16.523 foram na indústria do estado. Um ótimo resultado para o setor, primeiro que apurações globais do setor registraram no país no último mês uma leve queda na oferta de empregos e segundo porque, para o estado, que teve há alguns anos atrás o setor um tanto estagnado, este é um claro sinal de recuperação.


Também foram registrados recordes de emprego no setor de serviços com 48.859 vagas e no setor de serviços de utilidade pública com 3.142 vagas. Outro setor que também se destacou no período foi o da construção civil que proporcionou 14.925 vagas nos seis primeiros meses do ano, com esta sendo sua segunda melhor marca histórica, abaixo apenas do número de vagas registrada no ano de 2008.

Estes números foram colhidos em informações do CAGED, Cadastro geral de empregados e desempregados, do Ministério do Trabalho e Emprego.

Por Mauro Câmara

  

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *