Nubank oferecerá uma conta bancária totalmente online. Confira.

Na data de 24 de outubro (terça-feira), a empresa Nubank realizou um evento chamado Nubank Livre, em São Paulo, para apresentar ao seu público os seus planos e as suas estratégias para o futuro.

Dentre as novidades anunciadas no evento, está a NuConta, que será a conta bancária oferecida pelo Nubank aos seus usuários.

Confira mais detalhes a respeito dessa novidade a seguir.

Serviços Bancários

A proposta da empresa é oferecer aos clientes de conta corrente a mesma praticidade e rapidez na prestação dos serviços de cartão de crédito que já são fornecidos aos usuários.

Normalmente, a maioria dos bancos exigem muitos requisitos para abrirem conta corrente. Por esses e outros motivos, ainda há milhões de brasileiros que não possuem conta em banco. A ideia dos executivos é ofertar a toda a população do Brasil a chance de abrir uma conta em banco.

Quem tem o cartão de crédito do Nubank poderá efetuar o pagamento da fatura através da NuConta. Para essa situação, a quitação será imediata, liberando o limite para o usuário do cartão.

Outro serviço disponível na NuConta será a possibilidade de realizar transferências, tanto entre clientes NuConta, quanto para outros bancos. No primeiro caso, as transações podem ocorrer pelo QR Code, em tempo real e sem tarifa. Já no caso de transferências entre bancos distintos, não serão imediatas.

Nesse primeiro momento, ainda não será possível efetuar saques ou pagamentos no débito. Diferentemente dos bancos tradicionais, a NuConta é 100% digital e suas operações são realizadas de modo on-line.

Como vai funcionar?

Quem já é cliente do Nubank pelo cartão de crédito, pode abrir a conta de modo muito fácil no aplicativo.

Aqueles que não possuem o cartão devem baixar o app e realizar o cadastro. Para abertura da conta corrente não há análise de crédito. A conta será aberta automaticamente.

Tanto para a utilização do cartão quanto para a abertura da conta bancária não haverá cobrança de tarifas.

Em segundos você terá sua NuConta. Será necessário apenas fazer o download do aplicativo, efetuar seu cadastro, enviar uma foto e começar a usar. Não precisará comprovar crédito.

O dinheiro colocado na NuConta, vai gerar renda de modo automático, sem que o cliente selecione o tipo de aplicação. O objetivo é tornar o acesso a investimentos de modo mais fácil e prático. Segundo o Chief Executive Officer (CEO) e fundador da Nubank, David Velez, muitos não têm domínio do conhecimento para realizar investimentos. Assim, por diversas vezes, o saber investir é monopolizado por poucas pessoas.

Nesse sentido, as contas correntes são inovadoras, uma vez que também funcionam como poupanças, todavia, a taxa de correção utilizada é maior. Atualmente, a taxa anual da poupança no Brasil é de 7,28%, enquanto a da NuConta é de 9,46%, que é a do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (SELIC).

Essa proposta do Nubank é muito inovadora e visa solucionar as três grandes dificuldades dos clientes de banco: 1) Complexidade para realizar investimentos; 2) Cobrança de tarifas ao realizar transferências de montantes e 3) Burocracia para abertura de contas bancárias.

Desse modo, a NuConta se mostra como uma solução para essas três problemáticas, segundo Velez.

Oferecimento aos Usuários

A previsão de disponibilizar esse serviço de conta corrente é para o primeiro trimestre de 2018. Mas você já pode acessar o endereço eletrônico www.nubank.com.br/nuconta, preencher o formulário com seu nome completo, CPF e e-mail para se cadastrar na lista de espera.

Somente alguns usuários terão acesso a uma fase beta, que servirá como teste para os clientes do Nubank e será acessível apenas por convite. Na lista, terá prioridade quem já é cliente da empresa no serviço de cartão de crédito.

Por Melisse V.

Nubank


Pesquisa revela quais os cartões de crédito preferidos pelos brasileiros.

Não é segredo para ninguém o fato de poder fazer compras parceladas no cartão de crédito é algo tentador difícil de se resistir. Diante disso, todas as agências bancárias oferecem aos seus clientes essa facilidade que é o chamado “dinheiro de plástico”, o bem conhecido cartão de crédito.

São tantas as ofertas de cartões de crédito, que algumas empresas tentam conquistar pela cobrança de taxas menores e outras oferecem a não cobrança da taxa de anuidade.

Apesar de já existir uma lista bem grande de cartões, alguns já foram considerados os preferidos dos brasileiros. Veja abaixo os cartões de créditos eleitos os mais utilizados pelos brasileiros.

Bem, o primeiro da lista é o recém-chegado Nubank, que já está disseminado entre os adeptos de cartão. O motivo dele encabeçar a lista dos preferidos se dá pelo fato de ser o melhor em relação de custo-benefício, pois dentre as suas diversas vantagens, não cobra anuidade.

O segundo lugar ficou para o Amex, que também oferece custo-benefício inferior aos demais.

Em terceiro lugar está a Citibank e seus cartões que há algum tempo já fazem parte da vida dos brasileiros oferecendo taxas menores, o que atrai muito a preferência de todos.

Dessa forma, estes são os quatro cartões de créditos mais utilizados em todo o país.

Esse levantamento foi realizado após a consulta do total de quatro mil pessoas que utilizam cartões de crédito. Desse total de pessoas que foram ouvidas, as faixas etárias, as profissões e as faixas de renda são diversificadas. Esse estudo foi realizado no último mês de novembro, ouvindo clientes de todas as localidades do Brasil.

É sexta vez que esse tipo de estudo foi realizado, para a pesquisa foram ouvidos usuários de todos os cartões e eles tinham que avaliar o cartão que usa dando nota de 1 até 10 pontos, considerando questões sobre custos, juros, baixa anuidade, zero anuidade, promoções segurança, entre outros.

Dentre todos os cartões que fizeram parte da pesquisa estavam Santander (4º lugar), Caixa ( 5º lugar), Bradesco ( 6º lugar), Itaú, Banco do Brasil e Credicard ( 7º lugar), HSBC e Banrisul ( 8º lugar), Porto Seguro ( 9º e último lugar).

Nesse sentido, este estudo serve para que os brasileiros se informem melhor sobre os cartões de créditos que costumam utilizar, cabendo a esses consumidores a opção de mudarem.

Sirlene Montes





CONTINUE NAVEGANDO: