Confira dicas de negócios lucrativos e promissores para o ano de 2018.

Diante de toda a crise que se estendeu sobre a vida econômica e política, no Brasil, as ideias criativas e as vocações para elaboração de negócios continuam a exercer suas funções. A história registra que os períodos de crise, entre guerras e pós-guerras, decadências nos sistemas políticos, por exemplo, foram os que mais despertaram as mentes mais inventivas e competentes. Aos poucos toda economia tende a se reerguer, exatamente como ocorre em tempos de processo inflacionário, nos quais o dinheiro chega ao máximo de desvalorização e precisa de nova moeda.

Assim, qualquer pessoa que tenha meios de investimento e alguma ideia concreta em mente, vale a pena apostar em empreendimentos mais baratos, criativos e muito originais. Existe uma relação de sete tipos de negócios que, se organizados de forma competente, rendem e muito, são eles:

Food Truck – este tipo de comércio consiste em um veículo atrativamente customizado e com adaptação de meios para elaborar, cozinhar e servir pratos e ou bebidas de produção autônoma. É um negócio móvel, que pode estacionar em locais estratégicos, de grande circulação de pessoas. Hoje o ramo de fast food está em alta, sobretudo nas grandes cidades. Vale a dica de oferecer ao público pratos saudáveis, finos e mais baratos.

Marketing Digital – na atualidade o universo digital veio para ficar. Desde as redes sociais mais famosas, como o Facebbok, até as mais particulares, ou canais de youtube, todas constituem meios de comunicação quase obrigatórios para quem deseja estar inteirado com a realidade do mundo. Marketing digital consiste em uma série de trabalhos realizados em alguma empresa, por alguma marca ou mesmo por algum empreendedor particular, que passam horas elaborando ambientes digitais atrativos para diversos negócios, no sentido de impulsionar empreendimentos em todos os setores econômicos e culturais. Em geral é um investimento de menor custo diante da mídia tradicional.

E-Commerce –está entre as melhores alternativas lucrativas atualmente. Já que existe uma série de fraudes e golpes aplicados por meio de falsos sites na internet. Este é um meio seguro, sobretudo porque pode ser compartilhado por Whatssapp entre familiares e amigos que vão indicando uns aos outros o serviço. É importante recorrer aos serviços de pessoas especializadas em desenvolvimento de sites, marketing digital, para a elaboração de uma página de bom visual e segura, que faça uma atrativa propaganda de produtos.

Doces para Festas – este é um dos mais tradicionais e eficientes ramos de empreendimento autônomo. Durante todo o ano são diversos eventos ocorrendo entre festas de aniversários, casamentos, datas comemorativas, sobretudo no final do ano, com as festas de Natal e ano novo. Nos últimos anos, o ramo de produção e venda de doces e outros tipos de alimentos refinados tornou-se um dos negócios mais lucrativos, com baixo investimento.

Bebidas Funcionais – nestes tempos em que existe grande preocupação com a saúde, e os alimentos estilo fitness estão em alta, o ramo de bebidas funcionais tem grande chance de dar excelente resultado, já que um empreendimento deste tipo exige práticas inovadoras que instiguem a curiosidade. Bebidas funcionais precisam ser elaboradas com muito cuidado e responsabilidade, proporcionando um organismo revitalizado.

Cosméticos Especiais – este é outro ramo tradicional que nunca perece. O comércio de cosméticos pode ser realizado tanto via internet, quanto pessoalmente. Está entre os que mais dão lucro, sendo que existe um mercado oficial já saturado, abrindo a oportunidade de trabalhar com cosméticos alternativos ou artesanais, tais como os orgânicos ou dermocosméticos, que precisam ser usados ou indicados por profissionais do ramo.

Beleza e Estética – este é outro ramo de atuação autônomo que está entre os que mais lucram, sobretudo em datas de festas e eventos. Em geral, o público feminino não abre mão de seus cuidados pessoais e da beleza, sempre há espaço para cuidar do visual. Os homens também estão nesse público. Portanto, um salão de beleza ou uma barbearia são excelentes meios de renda e de negócios que sempre tem grande demanda. É importante investir em um atrativo e elegante destaque para fazer frente à concorrência.

Por Paulo Henrique dos Santos

Negócios


Confira como calcular o lucro do FGTS de Contas Inativas.

Todo trabalhador exerce sua profissão em vista de um bem, um bem social, próprio e ao lucro. O FGTS é o fundo mais precioso que qualquer trabalhador possa almejar como fruto de seus serviços prestados, por isso, quando o mesmo tem a chance de poder verificar passo a passo aquilo a que tem direito de receber, isso pode torná-lo mais seguro de si.

FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, é uma garantia em dinheiro que é depositada no início de cada mês pelos patrões, empregadores, em contas pertencentes à Caixa Econômica Federal, com seus funcionários, empregados, como titulares, atrelada ao contrato de trabalho e o valor é de 8% que corresponde ao salário de todo empregado. Porém, o cálculo não é tão simples e nem todo mundo tem tempo para aprender noções de contabilidade. Assim, o site da Exame está disponibilizando informações e instruções sobre o próximo cálculo de FGTS, cujo depósito pela Caixa está prevista para os dias 28 e 31 de agosto. Esse cálculo se refere ao saldo em contas inativas ou ativas, referentes ao fundo do dia 31 de dezembro do ano passado, 2016.

Os procedimentos oferecidos para que o trabalhador possa calcular são simples, pois ele deve começar verificando o saldo anterior, que tinha no fundo no dia 31 de dezembro de 2016, e o site oferece dois links para acessar o aplicativo. Portanto, ele deve consultar esse saldo antigo e multiplicar por 0,0193, o qual corresponde a uma porcentagem de renda que é distribuída a cotistas. Há uma tabela com as escalas de valores em proporções.

Os lucros líquidos registrados pelo FGTS chegaram a 14,55 bilhões de reais até o final do ano passado, dos quais 7,28 bilhões de reais serão depositados para creditarem mais de 88 milhões de empregados, cujos valores médios vão girar em torno de 29,62 reais. Esta distribuição de lucros é garantida pela Lei 13.446/2017, que prevê tal situação, elevando a rentabilidade por meio do FGTS e foi sancionada este mesmo ano, em maio.

O dinheiro, porém, será depositado apenas nos casos em que o beneficiado tinha saldo positivo nas contas do fundo – contas inativas do FGTS – até o dia 31 de dezembro. Para aqueles que já tinham saldo positivo em FGTS, no ano passado, e também realizaram saque antes do término do ano, não terão direito ao lucro proporcionado pela distribuição. O saldo atual em questão se refere ao do dia 31 de dezembro do ano passado, mesmo que os trabalhadores já tenham efetuado saques a partir de contas inativas do FGTS, já que o saldo atual deve, com certeza, cair sobre o mesmo valor, portanto, não há problema se saques foram efetuados posteriormente a esta data, pois o que realmente vai valer para ser calculado pelo empregado será o saldo do dia 31 de dezembro de 2016. E esta meta será realizada todos os anos a partir do que foi promulgado em lei. Assim, todo fim de ano, nesta mesma data, em dezembro, rendas de FGTS serão depositadas pela Caixa, relativas ao ano de 2017 e assim por diante. O site da Caixa Econômica Federal irá lançar um site para esta finalidade.

Entretanto, existem normas que deverão ser respeitadas para se poder retirar o dinheiro. Como a Lei 13.446/2017 não prescreve que saques poderão ser efetuados, todo trabalhador deverá proceder conforme estabelece a Lei 8.036/90, em que são explicitados casos de demissão sem justa causa, aposentadoria compulsória ou término de contrato de natureza determinada e outros casos.

No site da Exame está disponibilizada uma tabela que demonstra em que hipóteses os saques são permitidos. Portanto, cabe ao trabalhador informar-se para estar ciente de seus direitos e deveres dentro da lei e dos serviços que presta. Para mais informações acessar o site: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/como-calcular-quanto-voce-ira-receber-de-lucro-do-fgts-neste-mes/, no qual estão disponibilizados outros links específicos a respeito de cada detalhe do método de cálculo entre outras informações importantes.

Por Paulo Henrique dos Santos

Dinheiro


A poupança já não é tão atraente quanto alguns anos atrás, principalmente depois da nova regra de rendimento, e isso leva muita gente a buscar novos investimentos. Quem tem algo em torno de R$ 30 mil e tempo para esperar, pode escolher entre diferentes investimentos, como a alocação dos recursos em Letras de Crédito Imobiliário, o LCIs ou o Certificado de Crédito bancário, o CDB. Conheça mais sobre cada uma delas e suas vantagens:

O LCIs é um fundo de investimento em que o investidor empresta seu dinheiro ao banco e este irá financiar obras e demais empreendimentos imobiliários e o investidor recebe de acordo com os juros e taxas que podem incidir.

O CDB é semelhante, contudo, o empréstimo é feito para empresas e para o governo e o investidor também recebe a diferença de juros referentes a este empréstimo.

Ambos os investimentos possuem uma semelhança em relação à caderneta de poupança: são cobertos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) com o limite de até R$ 250 mil. O retorno também é maior do que a poupança, sendo que o LCIs pode render entre 80% e 90% do valor investido, dependendo do período.

Vale ressaltar que tanto o CDB quanto o LCIs são investimentos que não se pode retirar o dinheiro a qualquer tempo e é necessário aguardar até o momento firmado em contrato.

É importante se atentar ao evento come-cotas, que acontece apenas com quem aplica seu dinheiro em fundos de investimentos e é a antecipação da cobrança do imposto de renda sobre o lucro que o fundo de investimento renderá.

A cobrança ocorre sempre nos meses de maio e novembro, sendo que o recolhimento se dará sobre o número de cotas que o investidor possui em seu fundo de investimento. O que diminui a quantidade de cotas que os investidores tem, daí o nome come-cotas.

Por Robson Quirino de Moraes

Foto: divulgação


A economia do Brasil tem um motivo para celebrar, ainda mais, o ano de 2014. Com a Copa do Mundo sendo sediada no país, o Brasil abre um leque de oportunidades para os investimentos em diversos setores empresariais e tem muito o que comemorar, além de ter o maior campeonato de futebol do mundo sendo realizado por aqui. 

Para os lojistas, o evento terá um sabor a mais nos lucros, pois a abertura da Copa coincide com outra data muito marcante para quem trabalha com o consumo, o Dia dos Namorados.

O Dia de São Valentim, 12 de junho, marca não apenas a data dos corações apaixonados, mas também o dia dos amantes de uma das maiores paixões mundiais, o futebol.

Juntar esses dois fenômenos com a estratégia de marketing para dobrar o número de vendas é receita mais que garantida. Muitas empresas estão fazendo campanhas que levam o tema da Copa paralelo ao dia preferido dos casais, como é o exemplo da loja de acessórios e presentes personalizados, Imaginarium.

Com o nome “Quero um a um com você”, a marca aposta em artigos que trazem a lembrança da Copa do Mundo, mas sem perder o charme e o romantismo do Dia dos Namorados. Além desta ideia, a empresa fechou parceria com a Prudence, responsável pela distribuição de preservativos para lançarem juntas, promoções relativas à comemoração.

Para quem está curioso, acesse o site da Imaginarium (loja.imaginarium.com.br) e confira esta e outras coisas bem bacanas feitas pela loja ou vá até uma franquia mais próxima de você.

Pegando carona nessa onda de empreendedorismo, é possível que nesta época do ano, muitas pessoas queiram abrir seu próprio negócio e lucrar. Basta uma ideia na cabeça, um bom planejamento e força de vontade para dar início à jornada empresarial.

O Sebrae tem bastantes informações e oferece ajuda para quem busca se organizar e ter sucesso. Além de dicas, aulas, palestras entre outros serviços, há também cursos gratuitos que podem ser feitos em casa (EAD). Conheça um pouco mais das vantagens do Sebrae acessando www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae e se aqueça para o comércio. 

Por Juliana Alves de Souza





CONTINUE NAVEGANDO: