O Banco Central (BC) mudou as regras para a realização de depósitos compulsórios. A mudança foi anunciada nesta quinta-feira, dia 8 de novembro. O banco BMG será beneficiado grandemente pela medida. No site do Banco Central apresentam-se dados que mostram que o BMG possui um patrimônio de referência com nota de nível 1, no montante de R$ 2,126 bilhões em junho de 2011. Esse patrimônio alcançou o valor de R$ 2,989 bilhões em junho de 2012. 

Ainda de acordo com os dados, o BMG é a instituição financeira com o maior montante de papeis no sistema de coobrigações de crédito no Brasil. Somente o BMG registrou R$ 16,4 bilhões desse tipo de coobrigação de crédito em junho deste ano.

Banco do Nordeste (BNB) possuiu um patrimônio de referência com nota de nível 1 em um montante de R$ 2,483 bilhões em junho de 2012. Agora que passa a vigorar a nova regra, o banco será adequado a nova regra do BC, mesmo tendo um volume de coobrigações de crédito muito menor do que o BMG, ficando em R$ 27 milhões em junho desde ano.

Outra instituição financeira que será beneficiada por essa medida que altera a realização de depósitos compulsórios é o banco BNP Paribas. Em junho do ano de 2012 a instituição possuía um patrimônio de referência com nota de nível 1 e um montante de R$ 2,483 bilhões.

Fonte: Exame

Por Matheus Camargo





CONTINUE NAVEGANDO: