A região Nordeste deve receber em 2012 investimentos de 804 milhões de reais da Ambev. Esse montante faz parte do conjunto total de 2,5 bilhões de reais investidos pela maior cervejaria do país somente nesse ano.

Segundo informações da Ambev, do total de investimento dirigido ao Nordeste, a maior parcela por unidade de produção será recebida pela fábrica de Aquiraz, no Ceará, com 375 milhões de reais em investimento. Essa fábrica receberá a implantação de produção de cerveja e melhorará suas instalações de produção de refrigerantes.

Ainda de acordo com a cervejaria, esses investimentos devem resultar na criação de 800 postos de emprego no total. Os grandes investimentos da empresa e seu sólido crescimento fizeram os valores das ações da Ambev disparar em seu preço na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) esse ano. 

Só no último mês o valor das ações AMBV4 saíram de 76,21 reais o valor da unidade em 8 de setembro e passaram a ser negociadas num valor 84,46 reais no final do pregão de 17 de outubro, última quarta-feira.   

A Ambev lidera entre as empresas brasileiras com ações na BOVESPA, com o maior ganho de valor de mercado entre janeiro e setembro desse ano, apresentado uma subida de 42%.

Por Matheus Camargo
 


Lucro líquido da Ambev foi de R$ 1,932 bilhão no 2º trimestre

No segundo trimestre deste ano o lucro líquido da Ambev foi de R$ 1,932 bilhão, apresentando alta de 5,4% se comparado ao mesmo período do ano passado.

No acumulado semestral, o lucro líquido somou R$ 4,28 bilhões, avançando 9,1% na comparação anual.

Já, a receita líquida da empresa subiu 17,4% no período analisado, indo para R$ 6,8 bilhões. No semestre deste ano, totalizou uma alta de 13,6%, com R$ 14 bilhões.

O custo de produtos vendidos por hectolitro, no 2º trimestre, foi de R$ 61,5, apresentando um aumento de 10,2% na comparação com o mesmo período de 2011, quando era de R$ 55,8. A venda total em volume apresentou crescimento anual de 3,3%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) passou para R$ 2,95 bilhões, com alta de 14,3% se comparado ao 2º trimestre do ano passado. Porém, a margem no período recuou de 44,4% para 43,2%.

Neste contexto, a Ambev pretende rever seus investimentos no Brasil em 2012, pois houve uma alta de impostos sobre o setor, onde, o governo realizou um reajuste nos valores de refrigerantes, cervejas, isotônicos e água, que recebem a cobrança de tributos federais, como PIS, Pasep, IPI e Cofins. Essa nova tabela entrará em vigor a partir do dia 1º de outubro de 2012.





CONTINUE NAVEGANDO: