PIS-Pasep para Aposentados 2017 – Calendário de Saque



  

Saque antecipado começa no dia 19 de outubro de 2017.

O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Público (Pasep) são projetos de complementação monetária do governo e estão ativos desde 1988. Esses programas são contribuições sociais que as empresas pagam ao governo federal mensalmente. Uma porcentagem desse valor é retirada da remuneração do trabalhador, com o objetivo de custear benefícios como seguro-desemprego, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e abonos.

Os trabalhadores que pagaram o PIS/Pasep até 4 de outubro de 1988 e que não retiraram todo o montante tem direito a resgatar o saldo restante, chamado de cota. É possível verificar se existe saldo em seu nome no site do banco responsável. Acesse www.caixa.gov.br/cotaspis se você tem direito ao PIS, ou www.bb.com.br/pasep se você tem direito ao Pasep. As Cotas do PIS podem ser retiradas em casos específicos, como doenças graves, invalidez, aposentadoria ou morte do participante.

Todos os anos o valor do PIS pode ser recolhido pelo trabalhador, desde que este obedeça aos requisitos exigidos, em datas estabelecidas pelo governo. No dia 28 de setembro foram publicadas informações sobre o calendário de saque do PIS/Pasep 2017, que terá início dia 19 de outubro. Esse ano o dinheiro será liberado antecipadamente para beneficiar os idosos. Aproximadamente 7,8 milhões de pessoas terão acesso aos R$ 15,9 bilhões autorizados pelo governo.

Quem tem direito

Terão direito ao benefício homens com idade igual ou maior 65 anos, e mulheres com 62 anos ou mais. Caso o participante tenha falecido, os herdeiros passam a ter direito sobre o montante.

Calendário

De acordo com o calendário disponibilizado no dia 28 de setembro, a partir do dia 19 de outubro poderão realizar os saques homens e mulheres com 70 anos ou mais. No dia 17 de novembro será a vez de homens e mulheres aposentados retirarem seu benefício. Por fim, no dia 14 de dezembro, homens com 65 anos ou mais, e mulheres com 62 anos ou mais já poderão sacar o PIS.

Esse ano, o dinheiro não terá data limite de recolhimento. Depois que for disponibilizado, o benefício continuará disponível para saque e o contribuinte poderá retirá-lo no dia que achar melhor.





Na última edição do PIS, em junho de 2016, o valor médio por participante era de R$ 1.187. Grande parte dos beneficiários tinha direito a pelo menos R$ 750.

Como sacar o PIS/Pasep

O PIS, atribuído aos trabalhadores de empresas privadas, é administrado pela Caixa Econômica Federal. Para sacar o dinheiro ou obter mais informações, os participantes devem se dirigir até esse banco. No caso do Pasep, destinado aos servidores públicos, o gerenciamento é feito pelo Banco do Brasil. Para informações ou saques, o servidor deve comparecer ao banco.

Os beneficiários que possuem conta corrente na Caixa, que tenham direito ao PIS, e os correntistas do Banco do Brasil, que tenham direito ao Pasep, terão os depósitos realizados direto na conta corrente, dois dias antes da liberação oficial do calendário.

Para retirar o dinheiro, o cidadão deve comparecer ao banco com cartão e senha cadastrada, podendo realizar o saque no terminal de autoatendimento ou lotéricas. Caso não possua o cartão para esse fim, é preciso apresentar no banco responsável algum documento de identificação válido, como RG, carteira de habilitação na validade, identidade militar ou passaporte.

Os dois bancos irão realizar transferências bancárias sem cobranças para correntistas de outros bancos. Os participantes que não possuírem conta corrente em nenhum banco deverá solicitar a transferência pessoalmente, pelo caixa eletrônico ou via internet. O dinheiro poderá ser transferido para outra conta individual, com movimentação e saldo, como conta fácil ou poupança, desde que tenha o mesmo CPF do participante.

Para outras informações sobre o PIS/Pasep acesse www.caixa.gov.br ou www.bb.com.br.

Fabio Santos



2 comentários em “PIS-Pasep para Aposentados 2017 – Calendário de Saque

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *