Saque do FGTS Inativo – Prorrogação do Prazo



  

Trabalhador que comprovar dificuldade para ir sacar o dinheiro poderá ter prazo de saque extendido até o dia 31 de dezembro de 2018.

O governo tem boa notícia para os trabalhadores que tiverem direito ao saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, FGTS.

Isso porque, aquele colaborador que conseguir comprovar que não teve, até a data limite de segunda-feira, dia 31 de julho, a viabilidade de ir a uma agência da Caixa Econômica Federal para realizar o saque, terá prazo estendido para realizá-lo. Sendo assim, o vencimento da data será em 31 de dezembro de 2018.

A decisão, que foi publicada por meio de decreto na última quarta-feira, dia 26 de julho, não traz, todavia, maiores detalhes sobre o que é considerado como impedimento para a ida à agência. Além disso, não se sabe ainda o que poderá ser usado como comprovante.

Porém, o parágrafo principal relacionado ao assunto diz que se comprovada a impossibilidade de comparecimento do titular da conta que está vinculada ao FGTS para a solicitação de movimentação dos valores, o novo cronograma para atendimento não poderá exceder o limite do novo vencimento.

Quem possui direito ao FGTS?

Possui direito ao saque do FGTS todo trabalhador que possui carteira assinada e que pediu a demissão ou que foi demitido em justa causa até a data final de 31 de dezembro de 2015. Sendo assim, desde março, as pessoas têm tido os seus recursos liberados por ordem de mês de nascimento do beneficiado.





Quem não retirou o seu saque no período em que foi chamado, ainda poderá fazê-lo até o prazo final, normalmente. No total, conforme o último balanço realizado pela Caixa Econômica, até o último dia 19, pelo menos 5 milhões de trabalhadores ainda não sacaram o seu dinheiro.

Como posso receber o dinheiro?

Quem quer receber o valor de sua conta inativa do FGTS pode fazê-lo de diversas formas. Entre elas, destacam-se: o crédito em conta depositado automaticamente; em caixas eletrônicos; em agências lotéricas ou correspondentes; e, por fim, em agências da própria Caixa Econômica Federal.

Porém, a Caixa orienta que o colaborador consulte, antes de escolher por uma das alternativas, qual a melhor opção para a realização do seu pagamento. Por isso, o banco disponibiliza seus canais de comunicação para sanar as suas dúvidas.

Sendo assim, o site da instituição está disponível no http://www.caixa.gov.br/contasinativas. Ainda, é possível ligar para a central de informações no telefone 0800-726-2017 e falar com um dos atendentes.

Kellen Kunz



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *