Criptomoedas – O Que São, Onde Conseguir, Vantagens e Cuidados



  

Saiba o que é criptomoeda e para que serve.

Criptomoeda é uma espécie de moeda virtual que faz uso de criptografia para se manter seguro. Da mesma forma que a moeda impressa tem listras ocultas na parte interna e números de série para que se evitem falsificações, a moeda virtual faz uso de códigos difíceis de quebrar.

Para que serve?

Assim como outros tipos de dinheiro, a moeda virtual é usada para fazer o intercâmbio de serviços e bens. As empresas grandes como Tesla e DELL já estão permitindo o pagamento na criptomoeda Bitcoin, que é considerada a maior no mercado. Além dessas, há outras que também aceitam Bitcoin para compra de serviços, como por exemplo, o Soundcloud e o WordPress.

As moedas virtuais também são usadas para realizar transferência de dinheiro na Internet sem pagar tarifas cobradas por bancos ou instituições financeiras.

Onde consigo criptomoedas?

É possível conseguir Bitcoins no mercado brasileiro de Criptomoedas, fazendo conversão de moeda física para moeda digital (compra) ou então minerando, ou seja, ajudando no processamento da mesma através de seu computador, porém, é necessário que ele seja potente.

Por que usar criptomoeda?





Uma vez adquiridas, é muito difícil de que alguém te roube e não precisa de um caixa forte para protegê-la. É segura e privada. Não sofre com a inflação e não há intervenção de qualquer tipo de instituição reguladora.

Ela também tem segurança maior do que cartões de crédito. Utilizar a criptomoeda não exige que se preencha formulário informando seus dados pessoais para cada compra, pois a mesma funciona no anonimato. Pelo contrário, elas fazem uso de criptografia assimétrica, sendo uma chave privada e uma pública.

Há um motivo pelo qual não deveria utilizar criptomoeda?

Esta modalidade de dinheiro ainda é muito nova. É impossível prever exatamente o futuro dela e se continuará funcionando como hoje. Estudos sobre o quão anônimas são as transferências são realizados, além de analisar estabilidade e segurança da moeda. Nenhum governo ou instituição monitora o Bitcoin, por isso, a mesma pode ser utilizada também para atividades ilegais. Alguns governos já tem estudado o fato de taxar ou regular a mesma, embora seja difícil, ainda deixa o futuro da moeda indefinido.

FILIPE R SILVA



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *