Qual a diferença entre reutilizar e reciclar



  

A cada dia cresce o consumo, e muitos materiais são desperdiçados. Logo, aumenta também a quantidade de lixo, principalmente nas grandes cidades. A sua redução, além da busca por soluções sustentáveis são desafios para áreas, como a Biologia e Biotecnologia. Nesse caso, surgem aliados, como o ato de reciclar e reutilizar. Mas o que de fato significam?

A diferença entre reciclar e reutilizar

Reciclar significa transformar um material em um novo, com outras utilidades. Para isso, ele passa por ciclos de produção e processamento. Nessa atividade, busca-se o máximo de reaproveitamento e menor desperdício. Assim, evita-se um novo ciclo de produção, o que torna a reciclagem muito econômica.

Vários materiais são recicláveis: papel, vidro, plástico, metal, pneus, eletrônicos velhos, restos de comida. Disso resultam produtos, como: embalagens, papéis em geral, adubos, novos eletrônicos, tecidos, entre outros.

Já o ato de reutilizar, está ligado à ideia de reaproveitamento de um material. Nesse sentido, ele não é descartado no lixo e não passa por um ciclo de processamento em indústrias. Mas sim é transformado diretamente em um novo objeto. Exemplo disso é transformar papéis velhos em blocos de notas, garrafas em itens de decoração, móveis velhos são restaurados, etc. Logo, objetos como esses vão impedir o aumento de lixo em aterros e em outros locais.

Por que são alternativas importantes





Reciclar e restaurar são ações sustentáveis e diminuem o uso de matéria-prima e recursos naturais de maneira geral. Por isso, menos energia é gasta e menos gases poluentes são emitidos.

Para ajudar, a população deve separar o lixo entre reciclável e não reciclável, além de reutilizar objetos. As prefeituras também podem investir em coletas seletivas.

Biotecnologias desenvolvidas em áreas diversas, como a Biologia e Química, também podem ser ótimas aliadas nesses processos. Nelas, destaca-se o uso de enzimas para acelerar o desenvolvimento de novos produtos.

Conceitos que reduzem o impacto no meio ambiente

Embora tenham diferentes definições, os conceitos de reciclar e reutilizar caminham para um mesmo objetivo: o de acumular menos lixo em aterros, lixões, terrenos, ruas, rios, mares e mata. Dessa maneira, evita-se a poluição e propagação de doenças. Além disso, muitas famílias garantem a sua sobrevivência em cooperativas e empresas de reciclagem. Dessa forma, tais ações são econômicas, sustentáveis e socialmente vantajosas.

A Novozymes, multinacional dinamarquesa, é líder mundial em biossoluções para diversos segmentos. Para isso, são utilizadas enzimas para acelerar processos de maneira mais sustentável. Assim, qualquer impacto ao meio ambiente é reduzido.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *