Como Funciona o Saque do FGTS de Contas Inativas



  

Confira aqui como fazer o saque do FGTS de Contas Inativas.

Os saques do FGTS de contas inativas já começaram a ser feitos no último dia 10 deste mês de março, quando os beneficiados nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março tiveram seus saldos liberados. Nesse sentido, nos próximos meses até o mês de julho, mais precisamente no dia 31 de julho, os beneficiados com datas de nascimento de abril até dezembro terão esse saldo liberado de forma gradativa.

Se você verificou e tem o direito ao saque do saldo de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, fique atento ao mês em que o dinheiro poderá ser sacado.

Dessa forma, procure uma agência da Caixa Econômica Federal caso o valor exceda a R$1.500,00, levando seus documentos pessoais. Agora se o valor que você precisa sacar for inferior a R$1.500, você poderá realizar seu saque em casas lotéricas e caixas eletrônicos da Caixa, mas para isso é preciso de um documento de identificação mais o cartão cidadão e sua senha já registrada.

A Caixa Econômica Federal alerta aos brasileiros que possuem o direito ao saque de valores de contas inativas do FGTS que não deixem para a última hora e nem se esqueçam de realizar o saque, pois diferente do que ocorre com o PIS, que possui um calendário de vencimentos de um ano, com o FGTS inativo o calendário termina no mês de julho.





Se a pessoa que possuir o direito ao saque não realizá-lo até a data de 31 de julho de 2017, esse saldo será recolhido e transferido para o Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Para quem ainda não sabe, podem possuir saldo de contas inativas do FGTS pessoas que trabalharam com carteira registrada e que pediram demissão ou foram demitidas por justa causa, até a data do dia 31 de dezembro de 2015. As contas inativas são aquelas que recebiam depósitos mensais e deixaram de receber quando o vínculo empregatício foi rompido e essas contas ficaram paradas, porém com o dinheiro oriundo desses depósitos que seriam repassados ao trabalhador em caso de demissão sem justa causa.

A liberação desses saldos de contas inativas do FGTS foi uma medida extraordinária do governo federal para auxiliar os brasileiros neste ano de crise da economia e injetar valores na economia do país.

Silene Montes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *