Por Quanto Tempo Devemos Guardar os Comprovantes de Pagamento



  

Saiba aqui por quanto tempo é preciso guardar os comprovantes de pagamento.

Se você resolveu fazer aquela faxina e viu que está guardando um monte de comprovantes de pagamentos, mas não sabe bem se pode descartar, pois pode precisar depois, o Senado Federal disponibilizou uma cartilha que pode ajudar sobre isso. Para cada tipo de comprovante existe um prazo de vida útil para sua utillização. Seguem abaixo os comprovantes mais comum e suas datas.

  • Para comprovantes de Imposto de Renda, IPTU, IPVA e demais impostos: A vida útil dos comprovantes é de 5 anos, contando sempre do primeiro dia útil do próximo ano. Comprovantes que são utilizados para deduções do Imposto de Renda também devem ser guardados pelo período citado.
  • Telefone, gás, água e luz: Vida útil de 5 anos.
  • As notas fiscais: Podem ser usadas até o fim da garantia do produtos.
  • Crédito imobiliário: Vida útil até o momento de quitação do imóvel.
  • Aluguel: Vida útil de 3 anos.
  • Condomínio: Vida útil de 5 anos.
  • Cartão de Crédito: Para faturas, a vida útil é de um ano. Para comprovantes de pagamento, a vida útil é de 6 meses para compras à vista e de 5 anos para compras parceladas.
  • Financiamentos, dívidas e contratos: Os comprovantes terão a vida útil até o término do contrato. Para o termo de quitação, o prazo equivale a dois anos.
  • Planos de saúde: Apenas 5 anos, em caso de ser utilizado na declaração de IR.
  • Documentos gerais do veículo e multas: Para o certificado de compra e venda do automóvel a vida útil é da duração da posse do veículo. Para documentos de licenciamento e para pagamento de seguro a vida útil equivale ao prazo de um ano, até serem renovados. Para os comprovantes de multas, a vida útil é de dois anos.
  • Contadores, advogados, dentistas e demais honorários: Vida útil de 5 anos.
  • Seguros: vida útil de um ano após o prazo de vigência.
  • Contracheque: Vida útil de 5 anos.
  • INSS: Por conta da Previdência Social, os contribuintes devem manter o carnê do INSS guardado até o pedido da aposentadoria e do benefício.

Importante: Para a obtenção de quaisquer direitos em cima dos comprovantes, é importante preservar os comprovantes em locais seguros, longe de umidade e calor, para que não se danifique o documento. Alguns locais não aceitam documentos danificados, ainda que no prazo de vigência.





Yamí de Araújo Couto



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *