Alta na taxa de juros dos empréstimos



  

Em setembro, a taxa de juros dos empréstimos bateu recorde dos últimos 6 anos.

A taxa de juros em empréstimos bateu recorde no mês de setembro de 2015. Desde junho de 2009 a elevação dos índices não alcançava esses patamares.

A taxa média acumulada no ano chegou a 131,1%, com alta de 1,26% se comparado ao mês de agosto do mesmo ano, conforme a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade).

O empréstimo para financiamento de automóveis foi o índice que apontou maior correção com 2,7% de aumento no mês.

O juro do cartão de crédito chegou a 13,59%, com alta de 1,65% se comparado a agosto de 2015. O acumulado de 361,40% ao ano faz do juro do cartão de crédito o maior desde março de 1996.

Foi constatada elevação nas taxas nas seguintes modalidades de crédito para pessoa física: juros do comércio em geral (crediário), cartão de crédito rotativo, empréstimo pessoal de bancos, cheque especial, empréstimo pessoal de financeiras e CDC bancos para financiamentos de veículos.





Alguns bancos já tinham anunciado a elevação da taxa de juros do cheque especial. O consumidor deve estar em alerta com as facilidades promovidas na aquisição de crédito pelas instituições financeiras. Inclusive o Procon pede que retardem certas compras que dependam dessa situação para quando a conjuntura econômica estiver mais favorável, pois a situação deve continuar mais delicada por algum tempo.

Para pessoa jurídica houve aumento nas linhas de conta garantida, capital de giro e desconto de duplicatas.  A linha de conta garantida apresentou o maior aumento desde outubro de 1999.

Segundo a Anefac, em virtude do atual cenário econômico o risco de inadimplência se torna maior, acarretando na permanência dos altos índices das taxas de juros para os próximos meses. A turbulência econômica e também política, a alta carga tributária e a queda da nota de crédito do país, ajudam a manter os índices altos.

Por Jean Fretta Pereira

Empréstimo



1 comentário em “Alta na taxa de juros dos empréstimos

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *