Consumo de energia elétrica caiu em fevereiro



  

Foi registrada queda de 2,2% no consumo de energia elétrica em fevereiro de 2015

O consumo de energia elétrica caiu no mês de fevereiro, a queda foi de 2,2% se comparado ao mesmo período de 2014 e mais do que uma economia da população, esta queda reflete diretamente a retração de demanda em praticamente todos os setores. E quem chegou a esta constatação foi a EPE – Empresa de Pesquisa Energética, o relatório foi divulgado no último dia 31 de março indicando que o consumo fechou o mês de fevereiro com 40.489 gigawatts-hora (GWh).

As residências e o setor comercial é que estavam sustentando o crescimento do consumo de energia e nestes a queda foi de 0,9% e 1%, respectivamente. A maior redução foi nas regiões sul e sudeste.

A EPE informou que um dos motivos que contribuíram para esta queda foi o fato do mês de fevereiro contar como menos dias úteis no mês, além do carnaval e também as temperaturas mais baixas no período que também ajudaram na redução do consumo de energia. Mas a retração da atividade econômica também é citada no relatório, como uma das causas da queda no consumo de energia elétrica em fevereiro.

É a primeira vez, desde 2008, que se registra uma redução no consumo de energia nas residências.

A retração na atividade econômica teve um impacto mais significativo no consumo industrial que continua em declínio (-4,6%).





Essa queda no consumo de energia elétrica pelo setor industrial foi em todas as regiões, mas concentrando-se principalmente nas regiões sudeste e sul do país, onde o consumo foi menor em todos os estados destas regiões.

Mas a EPE registrou alta no consumo em outras regiões, como no Norte onde a expansão foi de 5,8%. Já no nordeste, a alta registrada foi de 6,2% e  no Centro-Oeste houve uma alta de 4,9%.

Uma observação feita pela EFE é que esta redução no consumo de energia elétrica não pode ser associada ao aumento das tarifas e que somente nos próximos meses é que a pesquisa irá mostrar se as tarifas irão interferir em uma contínua baixa no consumo da energia.

Por Russel

Energia elétrica



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *