Lista de brasileiros bilionários diminui



  

Em um mundo cheio de desigualdades, não é novidade que os ricos estão ficando cada vez mais ricos. Este dado foi constatado pela Revista Forbes a qual elege os figurões mais abastados do planeta. Na lista desta conceituada revista, o número de brasileiros com uma fortuna avaliada em pelo menos US$ 1 bilhão diminuiu, isto não acontecia desde o ano 2008.

Antes, figuravam 65 conterrâneos no ranking, atualmente, este número baixou para 54. Esta diferença foi registrada em apenas um ano. 

A "culpa" da escassez de brasileiros ricos na lista da Forbes é também culpa da economia desacelerada e da incerteza quanto ao futuro. Além da desconfiança pairando sobre a situação econômica do país, há ainda a corrupção que tem chamado a atenção à nível mundial e da diminuição dos preços dos commodities no país.

A este mix de elementos soma-se a alta do dólar perante o real. Todos estes fatores influenciaram para que o número de brasileiros no ranking diminuisse.





Algo que é extrinseco a economia, porém, colaborou para que a participação dos empresários do país encolhesse foi a morte de dois bilionários: Moisas Safra e Antônio Ermirio de Moraes.

O brasiliero mais rico, segundo a Forbes, é Jorge Paulo Lemann. Ele possui US$ 25 bilhões e está ocupando a 25º posição na lista. No topo da lista, mais uma vez, está Bill Gates, possuindo US$ 79,2 bilhões. A fortuna do dono da Microsoft cresceu em US$ 3,2 bilhões em um ano.

Mesmo com a desvalorização do Euro e com a crise do petrôleo, o ranking aumentou em 290 novos ricos (destes, 71 são chineses), passando para 1.826 bilhonários no total. Saíram dela 138 pessoas entre 2014 e 2015.

Nesta lista, destacou-se Mark Zuckerberg, ele alcançou o 16° posto, ficando no grupo dos 20 mais ricos do mundo, liderando o time dos jovens bilionários e servindo de inspiração para muitas pessoas ao redor do planeta. Outro jovem que aparece na lista é o cofundador do App Snapchat, Evan Spiegel, de apenas 24 anos.

Por Melina Menezes



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *