Confira os mitos sobre dinheiro e o que pensar sobre eles



  

Qual o significado que o dinheiro tem para você? Trabalho, diversão, amor, prazer, satisfação, luxúria, sucesso? Seja lá qual for o significado que você dá para ele, saiba que inconscientemente você age de acordo com o que acredita para consegui-lo.

A primeira aposta é sempre o trabalho, pois é um dos meios mais antigos para consegui-lo de forma honesta, além de estar dentro de valores e crenças pessoais que você pode criar. Quando ficamos sem dinheiro, normalmente ficamos deprimidos, angustiados e com uma autoestima baixa, pois algumas pessoas o consegue com facilidade, já outras batalham demais e às vezes acima do limite para consegui-lo. Ainda tem aqueles que, infelizmente, escolhem um caminho mais largo e sombrio para consegui-lo, que muitas vezes não tem volta. Enfim, basta olhar ao nosso redor e poderemos encontrar pessoas lutando de tudo quanto é forma para se dar bem de algum jeito.

Se você se encontra desanimado neste momento por estar sentindo a falta dele, pare e reflita sobre alguns mitos antes de criticá-lo:

– Dinheiro só traz felicidade se você escolher usá-lo apenas para satisfação pessoal. Uma pessoa que só pensa em gastar dinheiro, normalmente tem uma ideia diferente e idealizada para consegui-lo, e isso traz uma segurança à ela. Diferente daquelas que ganham pouco e só pensam em economizar para depois gastar exageradamente ou ganham muito e não sabem gastar.

– Só fica rico se souber gastar dinheiro. Isso nem sempre funciona para todos. A boa ideia é sempre saber investir, e investir corretamente. Até a própria poupança se você não souber usar você fica no zero, ou não tem um bom retorno.





– Abrir um negócio próprio e trabalhar que nem louco se ganha dinheiro fácil, rápido e enriquece. Bom, nem sempre isso vale para todos também. Existe o tempo certo, o negócio certo e as pessoas certas para isso. É preciso se instruir muito antes, para não correr o risco de ficar no vermelho.

Por Daniela Almeida da Silva

Dinheiro

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *