Dicas de investimentos mais rentáveis e tão seguros quanto a poupança



  

Você possui caderneta de poupança ou pensa em abrir uma? Se a resposta for positiva, esse artigo certamente irá auxiliá-lo a definir se essa é a melhor escolha. Vamos lá:

Se você parar para avaliar o rendimento da poupança durante alguns meses, perceberá que ele altera mês a mês. Conforme o valor investido, talvez não seja tão fácil notar, mas quem possui um valor relevante certamente perceberá a diferença. Para comprovar essa informação é simples: faça uma simulação do rendimento da poupança, utilizando um mesmo valor, em meses distintos. Isso é possível com a Calculadora do Banco Central, clique aqui para acessá-la.

Embora a caderneta de poupança esteja entre os investimentos favoritos dos cidadãos do Brasil, especialistas afirmam que ela não é 100% segura, tendo seu risco variado entre diferentes bancos.

Em comparação aos demais investimentos, a poupança é vista como segura e prática, porém os ganhos com ela são bem menos significativos que os demais. Exceto se na poupança estiver aplicado um valor alto, isso pode render muito, inclusive há pessoas que utilizam o rendimento como um salário.

Há períodos em que o rendimento da poupança fica menor que o da inflação em alguns produtos, portanto é possível encontrar no mercado financeiro outras aplicações financeiras que ofereçam melhores retornos para quem investe, bem como segurança em relação aos riscos. Para se ter ideia, o rendimento da poupança fica na casa dos 6% ao ano.

Se você está satisfeito com o rendimento da poupança, uma opção para melhorar ainda mais é o Certificado de Depósito Bancário (CDB), papel de renda fixa emitido por bancos. Assim como a poupança, eles são seguros, fáceis de resgatar, mas podem fornecer rendimentos maiores.





Para quem quer uma alternativa melhor que a poupança, são indicadas as Letras Financeiras do Tesouro (LFT), Títulos do Tesouro Nacional, e Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA). 

Por Rafaela Fusieger

Investimentos

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *