Início do pagamento do Abono Salarial



  

Neste último dia 15 de julho de 2014 o Ministério do Trabalho e Emprego começou a efetuar os pagamentos do abono salarial referente ao exercício 2014/2015. De acordo com as informações divulgadas a expectativa é de que 23 milhões de trabalhadores venham a ter o direito ao benefício. O montante que deverá ser pago no processo será cerca de R$ 17 bilhões.

Conforme informações da pasta responsável pela atual gestão a antecipação do pagamento do abono foi feita pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Anteriormente aqueles que tinham direito só poderiam começar a sacar os pagamentos a partir do mês de agosto.

Outra alteração feita neste ano foi em relação ao calendário. Neste caso os trabalhadores que recebem o benefício por meio de uma conta corrente terão os valores depositados conforme o mês de aniversário, contando, claro, a partir do dia 15 de julho de 2014.

Quem pode receber esses benefícios:

De acordo com as informações do Ministério os trabalhadores que tiverem os dados inclusos na Relação Anual de Informações (Rais) podem receber o benefício desde que atendam aos seguintes critérios: ter recebido no máximo até dois salários mínimos de remuneração mensal durante o período de exercício do trabalho, contar com cadastro no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e também ter trabalhado com carteira assinada ou ter sido nomeado efetivamente em cargo público pelo período mínimo de 30 dias no ano-base dos empregadores que contribuem para o PIS/Pasep. Lembrando que neste caso é valido para os empregadores que são cadastrados no CNPJ.





O abono pago é no valor de um salário mínimo.

Quem possui sua inscrição no PIS deve receber seu benefício nas agências da Caixa Econômica Federal. Já os inscritos no Pasep recebem em agências do Banco do Brasil. Sempre respeitando o calendário de pagamento.

Os trabalhadores inscritos precisam apresentar um documento de identificação bem como o número do PIS ou Pasep. O prazo de pagamento dos benefícios seguirá até o dia 30 de junho de 2015.

Por Denisson Soares



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *