Pesquisa revelou a maneira mais usada para o pagamento dos salários dos brasileiros



  

O Banco Central do Brasil divulgou uma pesquisa que aponta qual a forma mais comum em relação como os brasileiros recebem seus salários. Segundo  o levantamento a quantidade de profissionais que recebem seus pagamentos em dinheiro chegou a cair, mas ainda continua a ser a forma mais comum de pagamento

No ano de 2010 quem recebia seus salários em dinheiro era uma fatia de 55% dos brasileiros. Em 2013, quem recebe em espécie são 51%. A pesquisa feita pelo BC entrevistou mais de mil pessoas em todas as capitais do país e também no Distrito Federal.

Indo um pouco mais a fundo a pesquisa mostra também que dentre os que recebem seus pagamentos por meio do depósito em conta, 29% optam por sacar nos caixas eletrônicos. Já para guardar o dinheiro os brasileiros ainda continuam com a carteira: em 2010 era 61% e em 2013, 57%.

Outra informação interessante é a quantidade de dinheiro que o brasileiro, em seu dia a dia, costuma carregar no bolso. A pesquisa mostra que, em média R$ 54,65. Quase metade das pessoas entrevistadas afirmou que carrega diariamente entre R$ 50 e R$ 100.





Em relação às notas que não se encontram em tão bom estado também houve uma redução entre aqueles que as usam normalmente. Para quem recebe uma nota nessa situação, dentre os entrevistados, 35% disseram que pedem a substituição da mesma para quem a está repassando, 6% optam por trocá-las no banco e 3% as depositam em uma instituição financeira.

Como podemos perceber a pesquisa foi bem mais abrangente do que a forma como o brasileiro costuma receber seu salário.

Outra informação interessante levantada pelo BC é que no momento de realizar um pagamento as notas que mais fazem falta para a população são as de R$ 2, R$ 5 e R$ 10. Já quem recebe moedas costuma colocá-las em circulação. A pesquisa mostrou de que cada 10 recebidas cerca de 6 serão usadas no dia a dia.

Por Denisson Soares



1 comentário em “Pesquisa revelou a maneira mais usada para o pagamento dos salários dos brasileiros

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *