Felicidade no trabalho – Dinheiro é o fator mais importante



  

O Ateliê de Pesquisa Organizacional realizou uma pesquisa que mostra que o dinheiro é o fator mais importante quando se fala em felicidade no trabalho. Das 200 pessoas ouvidas pela pesquisa, 78% se mostrou mais interessado no quanto ganha do que em outros aspectos como o ambiente de trabalho e os colegas.

O estudo foi feito nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro e os cariocas, 84% deles, mostraram-se mais interessados no valor do salário do que os paulistanos, 73%.

Outros dois fatores foram levantados pelos profissionais das duas cidades, o primeiro foi o bom relacionamento com os colegas (49%) e também a possibilidade de trabalhar em equipe (41%). Empresas que oferecem esses ambientes possuem profissionais mais felizes.





Em outra parte da pesquisa o Ateliê de Pesquisa Organizacional percebeu que a estabilidade financeira é o real sentido de 95% dos trabalhadores, que também preferem trabalhar com áreas que lhes tragam satisfação pessoal (93%). Costume e status também aparecem na lista com 87% e 73%, respectivamente.

Entre cariocas e paulistanos percebe-se que os moradores da Cidade Maravilhosa estão mais felizes com seus trabalhos do que os moradores de São Paulo. No total de homens, 84% dos cariocas estão felizes onde trabalham, entre os paulistanos esse número cai para 75%. Entre as mulheres o número é de 85% para cariocas e 71% para paulistanas. Apenas 7% de todos os entrevistados disseram que estão infelizes ou muito infelizes no trabalho.

Por Roberta Lopes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *