Produção da indústria brasileira – Queda em maio de 2013



  

A produção da indústria brasileira registrou recuo de 2% no mês de maio e reverteu os ganhos de abril que foram de 1,9%. A pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que desde fevereiro essa foi a baixa mais acentuada deste ano. Porém o recuo de 2% não foi suficiente para transformar o acúmulo no ano em porcentagem negativa, pois alguns setores continuaram a crescer.

Se comparado com o mês de maio do ano de 2012, a atividade fabril teve alta de 1,4 % sendo o segundo resultado positivo da comparação até agora, porém a atividade se mostrou menos intensa se comparada ao mês anterior, no caso fevereiro de 2013. No acumulado do ano, a produção brasileira teve alta de 1,7%, mas nos últimos doze meses teve queda de 0,5%.





Os fatores que influenciaram o recuo de 2% no mês de maio foram os veículos automotores com queda de 2,9%, as máquinas e equipamentos com queda de 5% e os alimentos que tiveram queda de 4,4%. Das 27 atividades, apenas 12 delas tiveram avanço e porcentagem positiva na comparação anual.

Por Jéssica Posenato



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *