BNDES libera mais crédito em 2012



  

O BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, liberou até agora em 2012 três por cento a mais de crédito do que no mesmo período de 2011, com a soma de 94,6 bilhões de reais emprestado pelo banco entre janeiro e setembro desse ano.

A indústria e a infra-estrutura foram as que mais se beneficiaram do crédito do BNDES. Elas participam de 68% do total de empréstimos feitos pelo banco nesse ano, informa o banco em nota pública emitida nessa última terça-feira, 23 de outubro.

A indústria recebeu do BNDES 33,5 bilhões de reais em 2012 e o setor de infra-estrutura outros 31 bilhões. Esses número indicam, de acordo com o BNDES, uma retomada de investimentos da industria nacional. Os setores industriais que mais receberam dinheiro do governo foi o de papel e celulose, a indústria química e petroquímica, setor de mecânica e material de transporte.

Esse ano o BNDES apresenta uma expansão em todos os seus ramos de empréstimo, quando comprado com 2011. De acordo com a nota emitida pelo banco na terça-feira a expectativa da instituição é de que o ritmo de liberações de empréstimos se acelere nos próximos meses.





Isso ocorreria com os efeitos da redução das taxas de juros para algumas linhas de crédito no BNDES. Essas linhas seriam em especial a do Programa BNDES de Sustentação do Investimento voltado para a aquisição de máquinas e equipamentos

Considerando somente o mês de setembro, o BNDES realizou empréstimos de 13,4 bilhões de reais para empresas nacionais. Isso representa um valor 20,5% maior do que o mesmo período do ano passado. As consultas para a realização de empréstimos também aumentaram expressivamente em setembro somando um montante de 33,1 bilhão de reais, número 64,4 por cento maior do que no mesmo período do ano passado.

Por Matheus Camargo



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *