Ações da Cielo apresentaram queda em 22 de outubro de 2012



  

Na segunda-feira, 22 de outubro, os papéis da companhia operadora de cartão de crédito  Cielo sofreram grandes perdas. A queda no valor das ações teria sido o resultado da notícia de que o Governo Federal teria iniciativas para tentar reduzir as tarifas cobradas pelas operadoras de cartão de crédito.

As ações ordinárias nominativas da empresa registraram uma perda de 5,47 pontos percentuais no pregão dessa segunda na Bovespa. Elas fecharam as negociações cotadas em R$ 46,94. A maior queda no valor de ações no pregão de segunda-feira.

O Estado de São Paulo publicou uma matéria na sua edição dessa segunda informando que o governo teria considerado as taxas cobradas pelas operadoras de cartões de crédito estavam muito elevadas. A equipe econômica do governo apurou que estavam sendo cobradas taxas de, em média, 4% por cada operação com cartão de crédito e de 6% em cada operação nos cartões de vale-alimentação.





A matéria informou, ainda, que a presidenta Dilma Rousseff teria solicitado ao Ministério da Fazenda e ao Banco Central que estudassem um meio de reduzir essas taxas. Os estudos seriam acompanhados de perto pelo gabinete da Casa Civil.

Por Matheus Camargo

Fonte: Infomoney



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *