Receita brasileira deve ficar estável em 2012



  

De acordo com a última previsão oficial do Governo Federal, a arrecadação de impostos e tributos da União deve ficar estável no ano de 2012, repetindo  um valor próximo do arrecadado no ano de 2011.

Segundo as informações dos economistas do governo federal, a arrecadação total de receita de Estados, Municípios e Administração Federal deve ter, no melhor cenário, um crescimento de 0,5 por cento esse ano.

As previsões no começo do ano eram de que em 2012 a receita fosse ter um crescimento em torno de 5 por cento. Com o congelamento do volume de receitas, há rumores de que o Governo Federal vá cortar gastos, em especial, nas obras do Programa de Aceleração do Crescimento – 2.





O Fisco irá anunciar na semana que vem, o resultado da arrecadação total entres os meses de janeiro a setembro. Segundo informações dos meios de notícias, ele deve anunciar uma arrecadação de 748 bilhões de reais para o período o que equivale a um aumento real de 1 por cento em relação ao mesmo período do ano passado.

As expectativas é que esse resultado não melhorará no último trimestre. O desempenho fraco do PIB nos três primeiros semestre e uma tendência de desaceleração da economia, que faz o governo atualizar para baixo a meta de crescimento para esse ano, são as razões dessa expectativa.

Por Matheus Camargo
 



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *