Intervenção no BVA pode acarretar perda de bilhões



  

O BVA, banco de crédito para empresas de porte médio, receberá intervenção do Banco Central, segundo o anunciado deste último nessa sexta-feira, 19 de outubro. A decisão do BC se deu em virtude do descumprimento do BVA das normatizações nacionais para operações bancárias. Os bens dos controladores do banco foram bloqueados.

Com a decisão do BC os depositários e investidores com papeis do BVA podem amargar perdas de bilhões. Os papeis que serão mais afetados são o Certificado de Depósito Bancário (CDB), as Letras de Créditos Imobiliários (LCI) e as Letra de Crédito do Agronegócio (LCA). No último balanço financeiro do BVA esses papeis somavam um valor de 3,770 bilhões de reais.

Os CDBs são emissões de empresas que buscam captar recursos no mercado, oferecendo títulos de divida que são remunerados mensalmente aos investidores. Com a intervenção e a possível liquidação do BVA pelo Banco Central, esse papeis vão perder liquidez no mercado. Os CDBs e as LCI são protegidas por um tipo de seguro de crédito do Fundo Garantidor de Crédito, que poderá recompensar os investidores com esses papeis até o limite de 70 mil reais.





Hoje o FGC informava em seu site:  “Estaremos disponibilizando instruções para que seja realizado o pagamento dos créditos garantidos por este Fundo” sobre o caso com o BVA.

Por Matheus Camargo
 



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *