Idec – Bancos aumentaram os lucros com a cobraça de tarifas



  

O Idec, Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, divulgou pesquisa essa semana que mostra que bancos brasileiros teriam aumentado seus lucros em cobranças de tarifas em 33% entre junho de 2011 e junho de 2012.

As receitas dos bancos com tarifas tem sido um dos alvos no Governo Federal esse ano. A presidenta Dilma Rousseff ordenou os bancos público Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil a cortar suas tarifas e por competição pressionar os bancos privados a segui-los. A tática deu certo e o Itaú sinalizou redução de  suas tarifas em proporções semelhantes aos dos bancos públicos, em volta de 6%.

De acordo com o estudo do Idec, as instituições financeiras teriam aumento seu lucros com tarifas cobradas dos clientes em média de 52,43 reais por cliente para 2011 para um patamar de 69,86 reais em 2012.





Ione Amorim, economista que coordenou a pesquisa afirma que "É preciso mais transparência.” Na cobrança de taxas bancárias no Brasil. Ele afirma ainda que “o Banco do Brasil, por exemplo, descontinuou vários pacotes de serviços.” E se pergunta se o banco conseguiu fornecer corretamente e em tempo, as mudanças para seus clientes.

Desde abril de 2008 há uma nova normatização no sistema financeiro brasileiro sobre cobrança de taxas de serviços bancários publicada pelo Banco Central. O teor da medida consiste em padronizar e regulamentar as cobranças, deixando as taxas e suas funções melhor determinadas.

Por Matheus Camargo
 



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *