IPCA – Variação posistiva em setembro



  

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, IPCA, auferido pelo IBGE teve uma variação positiva de 0,57% em setembro. O índice é 0,16% acima dos 0,41% registrados no mês de agosto. O acumulado do IPCA de 2012 esta agora em 3,77%. O que representa uma expressiva queda em relação ao mesmo período do ano passado, quando o incide alcançou 4,97%.

Os grupos de produtos que apresentaram as maiores altas foram a alimentação (com 1,26%), seguido dos itens de despesas pessoais (com 0,73%) e a habitação que ficou 0,71% mais cara.

Repetiu-se em setembro o que aconteceu com o IPCA de agosto, os alimentos ficaram  na liderança da alta de preços. No mês anterior, os preços de alimentos ficaram 0,88% mais caros de acordo com o índice.

Nesse mês, o produto que teve maior impacto na subida no IPCA foram as carnes, que subiram individualmente 2,27%. Outros produtos que fazem parte da alimentação básica das famílias também tiveram altas expressivas, como o arroz com 8,21%, em média, o pão francês com 3,17% e o frango, cujos preços subiram 4,66%.





No terceiro grupo de produtos e serviços que mais subiram foi a habitação. Nesse grupo as maiores altas de preços foram observadas com gastos em energia elétrica, com uma elevação de 0,83%. Na seqüência os serviços que apresentaram maior aumento de preços foram os  alugueis residenciais com 0,61% e condomínio, com uma taxa de aumento de 1,19% no mês de setembro.

O único grupo de produtos e serviços cujos preços apresentaram queda em setembro foram os transportes, com uma variação negativa de 0,08%.

Por Matheus Camargo



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *