Bovespa fechou em baixa em 9 de outubro de 2012



  

Na terça-feira, 9 de outubro de 2012, a Bolsa de Valores de São Paulo fechou em baixa de 0,64% com o patamar de 58.939 pontos. O volume das transações foi de R$ 6,492 bilhões.

Esse resultado é o produto de diversos fatores, apontaram os analistas, como a oscilação negativa das principais bolsas mundiais, como a Dow Jones, que variou negativamente em 0,81%, e a Nasdaq, que apresentou queda de 1,52%. Além disso, o que puxou para baixo o desempenho da Bolsa de Valores brasileira foi a queda nos papéis dos grandes bancos nacionais.

O mau desempenho internacional está relacionado, também, com as reduções de projeções de crescimento avaliadas pelo FMI em seu relatório mensal. O Brasil sofreu uma importante queda na redução da projeção de seu crescimento, que era de 2,5% e agora é avaliada pela instituição internacional em 1,5%.





Por aqui, as ações que tiveram a maior baixa em seus valores foram as dos bancos. O Bradesco perdeu menos 3,06%, a segunda maior perda da bolsa nesta terça, seguido dos papéis do Itaú Unibanco, com menos 2,46%, e depois do Santander, com menos 2,38%. O Banco do Brasil, apesar do recente anúncio no corte de preços de tarifas e pacotes de serviços e do bom desempenho dos últimos meses, ganhando mercado frente aos bancos privados, também sofreu uma baixa de menos 0,13%.

Por Matheus Camargo

Fonte: Valor Econômico



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *