Financiamentos – Maior restrição no 3º trimestre



  
Bancos irão restringir financiamentos no 3º tri

Grandes bancos estão pessimistas diante da economia estagnada e de indícios de moderação no mercado de trabalho brasileiro. Apesar das diversas medidas implantadas pelo governo e dos juros estarem no menor patamar já visto, a oferta e a aprovação de novos financiamentos deverão ser restritas neste trimestre.

Na semana passada, Guido Mantega, ministro da Fazenda, convocou nove dos maiores banqueiros do país para tentar modificar a posição do grupo, que diz que o crédito não irá deslanchar como o governo prevê. Os argumentos dos banqueiros são: o emprego fraco, a desaceleração da renda e a falta de confiança na economia.

Esse pessimismo já era visto um mês antes da reunião com Mantega, quando 17 instituições financeiras foram sondadas pelo Bacen sobre as expectativas do mercado de crédito. Este grupo representa 85% do total de empréstimos ao consumo, sendo considerado essencial para manter o aquecimento da economia.





Nessa sondagem, o grupo declarou que a oferta de novos empréstimos terá moderada contração neste trimestre. Sendo assim, há uma tendência de redução da disponibilidade de empréstimos.

Os bancos também observam que os clientes não estarão com uma situação econômica boa o suficiente, por isso a aprovação de novos financiamentos terá uma leve contração.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *