Lucro líquido do Santander – Queda no 1º semestre de 2012



  
Santander: lucro líquido apresentou queda no 1º semestre

O maior banco da zona do euro, Santander, registrou queda em seu lucro no primeiro semestre de 2012. Em relação ao ano passado, o lucro líquido caiu pela metade, ficando em € 1,7 bilhão, aproximadamente R$ 4,2 bilhões, ainda sentindo os prejuízos da crise imobiliária de 2008.

O banco precisa liquidar dívidas de financiamentos e empréstimos, que chegam a € 8,8 bilhões, até o final do ano, para cumprir obrigações com órgãos reguladores da UE (União Europeia).

As expectativas dos analistas eram de que no Brasil o lucro fosse maior e pudesse ajudar a matriz, que batalha para não sofrer tanto com a crise na Europa. Mas, o lucro líquido registrado no Santander Brasil foi de apenas R$ 1,464 bilhão, no segundo trimestre, com queda de 5,48% se comparado ao mesmo período de 2011.





As menores receitas foram registradas na América Latina, e as maiores perdas em crédito foram vistas especialmente no Brasil, onde a economia está ficando desaquecida, aumentando os calotes no setor bancário.

Mesmo assim, o Santander foi o banco que menos sofreu em comparação aos seus concorrentes na Espanha, pois apresenta vários negócios no México, Polônia, Brasil e Reino Unido. Portanto, a América Latina representa a metade do lucro do Santander.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *