Valorização do real em 2012



  
Real está sobrevalorizado em 15% neste ano

A moeda brasileira está sobrevalorizada em 15% neste ano, mesmo o dólar estando acima de R$ 2,00.

O Observatório Cambial da FGV-SP, afirmou que essa valorização do real deixa o Brasil em uma posição desfavorável em relação aos seus parceiros comerciais. Porém, o resultado obtido ainda está melhor do que o obtido no ano passado, quando o real estava 40% sobrevalorizado.

Com isso, a taxa de câmbio está incentivando as importações no país. Em comparação temos os Estados Unidos, que seguem em lado oposto, com a sua moeda desvalorizada em 12%. Isso faz com que a taxa de câmbio deles fique em equilíbrio com os ativos do país. Ou seja, eles conseguem “turbinar” as exportações que são realizadas.





Neste contexto, a taxa de câmbio valorizada acaba encarecendo os produtos feitos no Brasil em dólar, retirando a competitividade dos fabricantes locais em relação aos concorrentes estrangeiros. Segundo a FGV-SP, a cotação do dólar ideal, que poderia neutralizar essa perda, seria de R$ 2,32, em junho.

Segundo a professora Vera Thorstensen, da FGV-SP, os países manipulam suas moedas visando incentivar seus fabricantes no comércio internacional. Porém, apesar de funcionar como subsídio, essa manipulação não pode ser discutida em fóruns que debatem práticas infiéis no comércio, prejudicando o Brasil.

O governo brasileiro vê o assunto como “guerra cambial” e questiona essa manipulação, mas não tem o apoio de outros países nesse assunto.



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *