Salários das mulheres e homens – Diferenças



  
Homens e mulheres: diferenças no salário médio de admissão  

O Ministério do Trabalho divulgou nesta segunda-feira (23/07) os dados sobre os salários médios de admissão das mulheres e dos homens, referentes ao primeiro semestre deste ano.

Para elas, a valorização foi de 6,15%, e para eles, a alta ficou em 5,94%. Porém, apesar da alta, a média salarial de admissão das mulheres ainda representa 86,42% da média dos salários dos homens. No ano passado essa proporção era de 86,25%.

Segundo o MTE, essa valorização apresentou um aumento real, ou seja, acima da inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), de 5,90% no 1º semestre. Isso representa, em reais, R$ 946,79 em 2011, para R$ 1.002,64 nos primeiros seis meses deste ano.





Entre os Estados brasileiros, houve uma elevação generalizada. Os maiores salários foram verificados nos Estados do Acre (+13,48%), Pará (+9,18%), Sergipe (+9,92%), Pernambuco (+8,41%), Rio Grande do Norte (+8,92%), Distrito Federal (+8,32%) e Mato Grosso (+8,19%).

Já, de acordo com o nível de escolaridade, as mulheres com grau de instrução menor apresentaram uma maior valorização real nos salários médios, indo do nível alfabetizado (92,88%), até o quinto ano do nível fundamental (82,89%). Contudo, as menores representações foram observadas nos níveis superior incompleto (78,55%) e superior completo (61,18%), onde a quantidade de mulheres é maior do que a dos homens.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *