Crescimento do Setor de Pães Industrializados no Brasil



  

Segundo um levantamento realizado pela Abima (Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias), o setor de pães industrializados no Brasil cresceu 56% no período de quatro anos, o estudo foi realizado em parceria com a empresa de consultoria Nielsen e levou em consideração os anos de 2007 a 2011.

O valor das transações envolvendo o setor chegou a atingir R$ 3,2 bilhões. Foram analisados também os bolos feitos industrialmente, que cresceram 46% (levando em consideração o mesmo período) e atingiram um patamar de R$ 590 milhões no ano passado.

Com relação ao volume comercializado, o pão de forma alcançou um valor superior a 990 milhões de toneladas, já os bolos alcançaram a marca de 299 milhões.





Para o presidente da Abima, Claudio Zanão, esse resultado é o reflexo da procura das pessoas por uma alimentação mais saudável, o que fez com que o consumo de pão aumentasse nos últimos anos. Para ele, os brasileiros procuram variedade de pães, como os integrais e os com grãos, por esse motivo as empresas costumam lançar diversas novidades constantemente.

A pesquisa também analisou o consumo per capita dos pães. De acordo com os dados divulgados, cada habitante consumiu 5,2 kg de pão em 2011, sendo que em 2007 esse valor era de 4,2 kg. Já com relação aos bolos, o consumo subiu de 1,2 kg em 2007 para 1,6 kg em 2011.

Por Joyce Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *