Deficientes poderão realizar Empréstimos para Aquisição de Bens



  

Segundo o que foi decidido hoje pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), os bancos que trabalham com microcrédito produtivo em breve estarão habilitados para utilizar essas linhas de crédito em empréstimos para deficientes. Estes empréstimos poderão ser utilizados para a compra de bens e serviços, como cadeira de rodas, muletas, próteses e aparelhos auditivos.

De acordo com Sérgio Odilon dos Anjos, chefe do Departamento de Normas do Banco Central, a medida ainda não está válida e em breve será divulgada uma lista com todos os produtos que poderão ser comprados com esse crédito. A lista será feita em parceria com o Ministério da Fazenda, o Ministério da Ciência e Tecnologia e a Secretaria de Direitos Humanos.

A taxa de juros para este tipo de empréstimo não poderá passar de 2% ao mês. Além disso, a tarifa de abertura de crédito não pode exceder 2% do total do crédito cedido.





A linha de crédito também terá algumas regras importantes. Não terá direito quem ganhar mais que dez salários mínimos mensais, o valor máximo que poderá ser emprestado é de R$30 mil e os bens adquiridos não poderão ser utilizados para fins de comércio.

Fonte: G1

Por Jéssica Posenato



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *