Filas de Supermercados mais rápidas pode virar lei



  

O setor supermercadista apresentou bom crescimento em março deste ano. De acordo com levantamento realizado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), as vendas nas lojas cresceram 9,28% em comparação a fevereiro. Consequentemente, o maior volume de aquisições fez o consumidor certamente e ao menos uma vez enfrentar grandes filas.

Para evitar esse tipo de estresse, um Projeto de Lei (PL) em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo visa estabelecer um tempo máximo de espera para atendimentos nos caixas de super e hipermercados situados na cidade. De autoria do vereador do Partido Progressista – Attila Russomanno, a proposta não abrange, porém, caixas rápidos e preferenciais.





O tempo máximo almejado dentro do PL n° 01-00186/2011 é de 20 minutos. Para o cumprimento, a proposta indica a entrega de senhas ou de bilhetes aos clientes com horários iniciais e de atendimento nos caixas. Caso isso não ocorra, a multa pode variar de R$ 300 a R$ 2,4 mil, valor a ser aplicado em conformidade ao número de reincidências.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Associação Paulista de Supermercados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *