ICC da Fecomercio registra alta de 1,4% em fevereiro



  

Este ano deve ser um período de consolidação e confirmação de números. Por isso, a expansão econômica registrada em 2010 não deverá se repetir, situação inclusive reconhecida pelo Banco Central (BC), que aguarda alta do Produto Interno Bruto (PIB) em 4,50% – segundo dados divulgados na última segunda-feira (14).

No ano passado, a economia, por sinal, convergiu com a confiança dos brasileiros, situação que se refletiu na alta dos números de vários setores, entre os quais o varejo. Levantamento realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) assinala que o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) subiu 1,4% em fevereiro sobre janeiro, para 162,2 pontos.





De acordo com a federação, o resultado chegou a esse patamar porque os consumidores continuam confiantes em relação à continuidade dos patamares positivos sobre o emprego e a renda. A confiança é constatada, ressalta a Fecomercio, quando o ICC ultrapassa 100 pontos, uma vez que sua escala varia de zero a 200 pontos.

A Fecomercio assinala que o resultado registrado em fevereiro indica que o sentimento mais negativo de início do ano em relação ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), ao Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e aos materiais escolares melhoraram.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *