Formalização das empresas no Brasil cresce mais de 100%



  

Um novo empreendimento gera, invariavelmente, dúvidas na cabeça daquele ou daqueles que o idealizam. A incerteza entre algo que venha a se concretizar e oferecer bons frutos e o pessimismo sobre alguma derrocada é apenas um dos questionamentos. De todo jeito, várias são as entidades prontas a atender toda e qualquer necessidade dos empresários de primeira viagem.

No ano passado, 1.370.464 empresas foram estabelecidas no Brasil, salto de mais de 100% em comparação às 680.881 concebidas em 2009. Essa alta não significa apenas o bom ambiente econômico do país, mas também as ações realizadas pelo Programa Empreendedor Individual, que em 2010 foi responsável por mais de 752 mil formalizações, praticamente 55% de todo o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) registrado no período.

Na concepção de Luiz Barreto, presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), esses resultados indicam que aos poucos os brasileiros têm adquirido conhecimentos sobre as vantagens de seguirem pelo caminho da formalização. A economia brasileira, nos últimos anos, foi importante fator para esse aumento.





O Empreendedor Individual abrange vários segmentos de atuação. Eis uma ferramenta importante para quem já tem um negócio informal ou àqueles que almejam criar sua própria empresa. Seguir orientações profissionais, de longa data, é diminuir o árduo caminho do empreendedorismo.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Sebrae



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *